As jornadas de junho e o direito à cidade

Debate de lançamento de "Cidades rebeldes" com Ruy Braga, Raquel Rolnik, MPL-SP e Guilherme Wisnik

31.10.2013

Auditório do MASP

Paulo Arantes, Raquel Rolnik, Ruy Braga, um integrante do MPL-São Paulo e Guilherme Wisnik se reúnem para um debate de lançamento do livro de intervenção Cidades rebeldes: Passe Livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil

Com textos de Slavoj Žižek, David Harvey, Mike Davis, Ermínia Maricato, Leonardo Sakamoto, Carlos Vainer, Roberto Schwarz, entre outros, trata-se do primeiro livro impresso inspirado nos megaprotestos que ficaram conhecidos como as "jornadas de junho". Todos os debatedores são colaboradores do livro, e mediação é do crítico, arquiteto e urbanista Guilherme Wisnik, curador da 10ª Bienal de Arquitetura de São Paulo, "Cidade: Modos de fazer, modos de usar".

O debate integra a programação da 10ª Bienal de Arquitetura de São Paulo e ocorre no auditório do MASP no dia 31 de outubro, quinta-feira, às 19h. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. Sujeito a lotação, haverá distribuição de senhas a partir das 18h.

* * *

Gratuito e aberto ao público em geral. Sujeito a lotação: senhas a partir das 18h.

Realização: Boitempo Editorial, 10ª Bienal de Arquitetura de São Paulo, Instituto de Arquitetos do Brasil e Museu de Arte de São Paulo.

Confira a página oficial do evento no Facebook clicando [aqui]