Livro sobre as manifestações chega às lojas

05.08.2013

O polvo - Meu jeito
Da redação


O primeiro livro Cidades rebeldes: passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil chega às livrarias de todo o Brasil nesta semana. A coletânea consolida uma nova coleção da Boitempo, de livros de intervenção a preço de custo, que intitulamos “Tinta vermelha” em homenagem ao texto que o filósofo esloveno Slavoj Žižek escreveu durante o Occupy Wall Street.

A obra convoca o pensamento crítico independente para refletir os fatos recentes, em meio a uma guerra de interpretações das vozes rebeldes, que se estendeu inclusive às ruas (na disputa de cartazes empunhados pelo conjunto heterogêneo). Os textos abrangem vários temas e são quase todos inéditos.

Participam dessa coletânea autores nacionais e internacionais, como Slavoj Žižek, David Harvey, Mike Davis, Raquel Rolnik, Ermínia Maricato, Jorge Souto Maior, Mauro Iasi, Silvia Viana, Ruy Braga, Lincoln Secco, Leonardo Sakamoto, João Alexandre Peschanski entre outros convidados. Além de analisar a conjuntura política e social, o lançamento pretende contribuir com o debate iniciado pelo Movimento Passe Livre (MPL) – que também participará com um artigo –, ajudando a consolidar suas bases teóricas e práticas. Paulo Arantes e Roberto Schwarz assinam os textos da quarta capa.

Os principais temas abordados são o direito ao transporte público e à cidade, a violência nas manifestações, partidarismo, luta política e democracia. O livro também contará com registros fotográficos do coletivo Mídia Ninja e ilustrações diversas sobre as manifestações. A obra, editada em parceria com o portal Carta Maior, segue a linha do livro Occupy - movimentos de protestos que tomaram as ruas, com o mesmo formato e preço (R$10,00 o impresso, R$5,00 o e-book).