Cidades rebeldes

14.12.2013

Revista Ocas | Livros
Arlindo Gonçalves
(Autores: diversos •. Editors Boitempo, 2013, R$ 10)
 
Este articulista sempre se orgulhou de nunca dirigir. Com o passar do tempo, exposto a uma cidade feita para carros, hoje, quando me perguntam como é ser 100% pedestre, não titubeio: é como ser uma barata fugindo da chinelada". Muito da razão desse meu sentimento pode ser encontrado em um pequeno livro. Escrito, como diz a própria obra, “(...) no calor da hora, durante as manifestações que tomaram as ruas do Brasil, e publicado no mês seguinte (...)”, Cidades rebeldes é uma coletânea de ensaios que tentam dar conta das manifestações iniciadas contra o aumento da tarifa dos ônibus. Os textos cobrem aspectos como o surgimento do MPL (Movimento Passe Livre) e sua proIiferação pelo país; o papel da mídia na cobertura dos acontecimentos; a mercantilização das metrópoles; a utopia (im)possível do transporte gratuito; o direito ao protesto cívico e a cidade; e, também, a violência e as contradições do primeiro grande levante ocorrido no país após o advento do Facebook e a inevitável gentrificação dos protestos.