Histórias cruzadas

14.01.2014

PublishNews | Livros
Da redação
Cubano Leonardo Padura assina O homem que amava os cachorros
 
O homem que amava os cachorros (Boitempo Editorial, 592 pp., R$ 69), do cubano Leonardo Padura, é narrado pelo personagem Iván, um aspirante a escritor que atua como veterinário em Havana. A partir de um encontro enigmático com um homem que passeava com seus cães, retoma os últimos anos da vida do revolucionário russo Leon Trotski, seu assassinato e a história de seu algoz. Esse ser obscuro, que Iván passa a denominar “o homem que amava os cachorros”, confia a ele histórias sobre Mercader, um amigo bastante próximo, de quem conhece detalhes íntimos. As duas trajetórias ganham sentido pleno quando Iván projeta sobre elas sua própria experiência na Cuba moderna, seu desenvolvimento intelectual e seu relacionamento com “o homem que amava os cachorros”.