O homem que amava os cachorros

28.01.2014

O Globo | A mais
Télio Navega

Recém-lançado no Brasil pela editora Boitempo, o livro O homem que amava os cachorros (600 páginas, R$ 69, tradução de Helena Pitta) é uma espécie de thriller histórico. Seu autor, o cubano Leonardo Padura, mistura ficção e fatos reais ao contar, por meio do encontro entre um aspirante a escritor e um desconhecido que passeava com seus cães, a trajetória do militante comunista Ramón Mercader e como ele teria cometido o crime que o fez entrar para a História: o assassinato, com uma picareta, do ex-líder soviético Leon Trotski (foto) em sua própria casa, no exílio, na Cidade do México. Graças à longa experiência na literatura policial, Padura recria, com tensão, os motivos que levaram Mercader a aceitar a ordem de Joseph Stalin de eliminar o antigo rival, Trotski. 

Confira o booktrailer do livro abaixo: