Escritor e jornalista Leonardo Padura mostra Cuba em mutação em SP

22.03.2014

Folha de S. Paulo | Ilustrada
Sylvia Colombo

Autor participa de eventos em Brasília (12/04), em São Paulo (15/04) e no Rio (16/04)

Num texto recém-publicado pela revista New Yorker, o jornalista americano Jon Lee Anderson definiu Leonardo Padura como um intelectual cubano singular. "Não se trata de um dissidente, ao estilo de Soljenítsin, mas também não é um escritor preocupado em apenas entreter. Um novo livro de Padura é tanto um importante documento como um romance, um modo de entender a realidade cubana", resume. São retratos de uma Cuba em transformação que o escritor trará para São Paulo, onde participa de um encontro promovido pela editora Boitempo e pelo Sesc, no dia 15/4. Padura ainda estará na Bienal do Livro de Brasília (12/4) e no Rio de Janeiro (16/4). Ele afirmou estar interessado em discutir as transformações do jornalismo e da literatura na era digital. "Enquanto no jornalismo queremos coisas cada vez mais rápidas, creio que aumenta a demanda por longas narrativas. Há uma busca por leituras de fôlego".

Leia a matéria completa aqui.