Livros para mamães feministas

11.05.2015

Para Beatriz
Isabela Kanupp

Já faz um tempo que queria escrever esse texto, mas talvez por falta de tempo ou por uma questão estratégica – leia-se preguiça – eu fui adiando. Acontece que apesar de gostar muito de fazer esse tipo de texto com sugestões de leitura, é um texto um tanto complicado de fazer.

Quero deixar claro que, nem todos os livros são considerados feministas, mas eu acredito que possam trazer boas reflexões e ensinamentos para mães feministas. Com certeza devem ter ficado vários livros de fora, até mesmo porque eu não conheço tantos assim, e também tem a questão de que quero disponibilizar títulos que chegue próximo do acessível, ou seja, pelo menos no nosso idioma né?

Nem todos os livros são sobre maternidade feminista, mas de diversos assuntos relacionado ao feminismo, a questão da mulher e criança. Alguns não são teóricos e outros são mais teóricos! O importante é que são livros para mães feministas, promovendo reflexão e pensamento crítico em relação a diversas questões, também promovendo um conhecimento melhor sobre o que é ser mulher.

Alguns desses livros vocês podem encontrar facilmente em PDF ou em outro formato para leitura sem ser o livro físico, mas sempre coloco os links para compra da Livraria Cultura ou da Saraiva por conter um maior acervo de livros, claro que pode ter em outras livrarias e vale pesquisar, inclusive, para conseguir economizar! Sebos também é sempre uma boa pedida.

Mulher, Estado e Revolução – Wendy Goldman
Editora: Boitempo
Esse livro é lindo, é um livro que dá esperança para toda mãe socialista. Livro absurdamente interessante, que trás uma visão pela perspectiva da mulher dentro da URSS  pós-revolução.  Mostra a tentativa de mostrar como a criança era (e é) uma responsabilidade social e como libertar as mulheres através de políticas públicas básicas.

Feminismo e Política – Flávia Biroli/Luis Felipe Miguel
Editora: Boitempo
Uma leitura absurdamente simples, dividido em temas, e ainda com um apanhado sobre as diversas vertentes e correntes do feminismo. Muito bacana para quem está começando e quer uma visão geral do assunto, sem tanto aprofundamento e com dados importantes. A leitura é teórica, mas também super acessível e de fácil compreensão.

Mulheres que correm com os lobos – Clarissa Pinkola Estés
Editora: Rocco
Li esse livro há muitos anos e sempre que consigo dou uma relida. Ele é encantador e nada teórico. A leitura dele não é tão fácil e pode se tornar cansativa, mas vale muito a pena. Um dos primeiros livros que li a respeito de mulheres e sua força.

Um Amor conquistado – O mito do amor materno – Elisabeth Badinter
Editora: Nova Fronteira
Esse livro é ótimo, um dos meus preferidos. Foi a partir desse livro que pensei: okay, tenho que escrever sobre maternidade feminista.
Ele fala justamente desse mito do amor materno, de como o amor – inclusive o materno – é uma construção social, uma reflexão sobre esse “amor imediato”. Um alívio para aquelas mães que não amou no primeiro instante: é normal!

O Conflito – A Mulher e a mãe – Elisabeth Badinter
Editora: Record
Esse livro também é da Elisabeth Badinter, tão bom quanto o outro, porém achei esse bem mais atual, com questionamentos mais atuais e reais para a maioria das mulheres mães. Ele também é bem menos teórico.
A leitura dele é super fluida, o que faz com que ele seja de uma compreensão mais fácil. :)