Em entrevista exclusiva Luiz Bernardo Pericás explica porquê as lições de 1917 continuam atuais

05.06.2017

Salão do Livro Político
Celia Demarchi

O que as esquerdas brasileiras teriam a aprender atualmente com os revolucionários russos?

LBP: A Revolução Russa demonstra a possibilidade de uma transformação radical na sociedade. O que podemos aprender com os bolcheviques? Eles tinham organicidade, disciplina, projeto político, programa, teoria.  Realizavam debates internos bastante acalorados sobre economia, desenvolvimento industrial, sindicatos, questão agrária, instituições militares, relações exteriores. São temas fundamentais para se levar adiante um projeto de mudança social. Os bolcheviques nos mostram a importância da persistência, da paciência, da avaliação correta da conjuntura, fatores que os levaram a atuar da melhor forma naquela situação específica. Ainda que nem sempre houvesse consenso entre os dirigentes, eles possuíam um conhecimento profundo do processo histórico russo e do contexto internacional, além de uma disciplina férrea e respeito ao centralismo democrático.

Confira a entrevista na íntegra aqui.