Trabalho, indivíduo, história

o conceito de trabalho em Lukács

Antonino Infranca

Coleção Dia do Filósofo

R$ 56,00

Ao longo de sua vida, o conceito de trabalho foi tema de diversas obras de Lukács. Fazendo uma pesquisa arqueológica sobre os trabalhos do húngaro, Antonino Infranca toma como ponto de partida a Ontologia do ser social para traçar uma análise das reflexões do filósofo, desde as mais recentes – perto de sua morte – até as feitas em sua juventude.

Em Trabalho, indivíduo e história: o conceito de trabalho em Lukács, Infranca segue um caminho contrário ao predominante: não analisa obras ou momentos específicos de Lukács, mas percorre a vastidão da obra lukacsiana como um todo. Após imergir nos textos, cartas e documentos do Arquivo Lukács, em Budapeste, na casa onde viveu e trabalhou por tanto tempo o autor húngaro, Infranca apresentou sua tese de doutorado analisando a complexa e extensa obra lukácsiana. Reelaborado para a publicação em italiano e espanhol, o texto agora ganha sua edição brasileira pela Boitempo.

Partindo da obra de maturidade de Lukács, Infranca se debruça também sobre as anteriores, o esboço de sua Ética, a Estética, o Jovem Hegel, História e consciência de classe e A alma e as formas, para recuperar conexões, pontos de confluência e dissonância do autor. Por este vasto estudo sobre o mundo lukacsiano, Antonino Infranca recebeu o Prêmio Lukács em 1989. Dessa forma, Trabalho, indivíduo e história se torna, sem dúvidas, a mais densa e fundamental reflexão sobre a obra do filósofo.