Vila Madalena

crônica histórica e sentimental

Enio Squeff

Coleção Pauliceia Coleção Promoção Aniversário de São Paulo - Repensando a cidade!

R$ 39,00

Vila Madalena, do escritor e artista plástico Enio Squeff, dá início à série Trilhas, da Coleção Pauliceia, um projeto da Boitempo Editorial que pretende contribuir para o resgate dos materiais mais ricos e diversificados para a construção das imagens pluralistas, social e culturalmente da cidade e do estado de São Paulo. Os títulos reunidos na série Trilhas apresentam visões pessoais sobre bairros e regiões da capital, como é o caso de Vila Madalena: crônicas históricas e sentimentais.

Enio Squeff, um gaúcho apaixonado pelo bairro que retratou em prosa e imagens coloridas de suas aquarelas, optou por não tentar uma história do bairro. Preferiu o registro em formato de crônicas, onde ficção e memórias pessoais se entrelaçam quase indistintamente para recriar o fascínio de um bairro que soube passar de um pacato subdistrito do tradicional bairro de Pinheiros a um centro de efervescência cultural, artística e boêmia.

A Vila Madalena passou ao largo da cobiça imobiliária paulistana durante um bom tempo. Isso possivelmente justifica o fato de que artistas, intelectuais, boêmios e estudantes começassem a por ali se instalar, atraídos pela sua localização privilegiada e pelo baixo valor dos aluguéis.

Enio mostra como a invasão dos novos moradores, a partir dos anos finais da década de 1970, se deu de forma pacífica e tranquila e sem expulsar os moradores originais, transformando suas ruas, ruelas e becos naquele que provavelmente seja o mais charmoso bairro paulistano.

Talvez a Vila Madalena, por sua fauna inigualável e por sua intensa vida noturna, seja mais propícia para bons contadores de histórias – como Enio Squeff e seu infindável rosário de casos.

Vila Madalena: crônica histórica e sentimental apresenta uma série de aquarelas especialmente preparadas por Enio Squeff para esta edição, além de fotos do bairro em diversas épocas de sua história.