• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Marcio Pochmann
    Marcio Pochmann autor

    Marcio Pochmann é professor do Instituto de Economia da Unicamp. Seu livro Nova classe média, publicado pela Boitempo em 2012 é um dos finalistas do prêmio Jabuti deste ano na categoria de não-ficção. No período de 2001 a 2004, em São Paulo, Pochmann dirigiu a Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade durante o governo da prefeita Marta Suplicy. A partir de 2007, passou a exercer a presidência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília, cujo comando deixou este ano para retornar a Campinas. Nas eleições 2012, Marcio Pochmann foi o candidato do PT à Prefeitura de Campinas.

triangulo
  • R$ 77,00

    Fruto de uma pesquisa coletiva por diversos setores da economia brasileira, do canto erudito aos bancários, da indústria automobilística à economia informal, este livro traça um panorama do momento atual e do futuro do trabalho e do sindicalismo no Brasil.

    Ricardo Antunes e um grupo de pesquisadores e autores, como István Mészáros, Luciano Vasapollo, Márcio Pochmann e Giovanni Alves, estudam os impactos das mudanças na legislação; da nova divisão internacional e regional do trabalho e do capital, como o impacto dos produtos chineses e a ida de unidades fabris para o interior do país; e das mudanças tecnológicas recentes, como a adoção dos m&ea ...

    Ano de publicação 2006.

  • R$ 42,00

    Partindo de dados alarmantes sobre o aumento do desemprego no Brasil, Marcio Pochmann faz uma análise criteriosa da relação entre a falta de trabalho e a adoção de políticas econômicas desfavoráveis ao país em seu novo livro, O emprego no desenvolvimento da nação, lançado pela Boitempo Editorial.

    No ano 2000, o Brasil ocupava o terceiro lugar no ranking do desemprego mundial, apesar de contar com a quinta maior população do globo. Na época, apenas 54% dos ocupados brasileiros recebiam salários. Já em 1980, dois em cada três trabalhadores recebiam salários e entre os assalariados, 70% tinham emprego formal.

    Entender os fat ...

    Ano de publicação 2008.

  • R$ 30,00

    A transformação da crise dos mercados imobiliário e financeiro dos Estados Unidos em uma crise econômica global levou à desmoralização o discurso liberal em todo o mundo. Para avaliar seus impactos e alternativas, Margem Esquerda n.13 traz o dossiê “Hegemonia em tempos de crise”, composto por alguns dos mais importantes analistas desse fenômeno: o francês François Chesnais, o norte-americano Robert Brenner, o brasileiro José Luís Fiori e o inglês Peter Gowan. Chesnais, formulador da tese da financeirização do capitalismo, destaca a longevidade da recessão e as duras consequências para os trabalhadores. Mas lembra que a situaç&atild ...

    Ano de publicação 2009.

  • A máquina automotiva em suas partes um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças
    R$ 42,00

    A emergente gestão do uso e da remuneração da força de trabalho em plena reestruturação capitalista, um tema crucial na incômoda questão do trabalho, é o ponto de partida para o professor Geraldo Augusto Pinto identificar em seu novo livro, A máquina automotiva em suas partes: um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças, o que representam os avanços da gestão flexível do trabalho numa economia periférica e dependente como a brasileira.

    Defendido como tese de doutorado no IFCH/Unicamp, com bolsa da Fapesp, o livro apresenta um estudo detalhado sobre os resultados do processo de reestruturação produtiva, inspira ...

    Ano de publicação 2011.

  • Nova classe média? o trabalho na base da pirâmide social brasileira
    R$ 37,00

    Presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann lança, pela Boitempo, um estudo sobre a mobilidade na base da pirâmide social brasileira durante o início do século XXI. Nova classe média? analisa as recentes transformações na sociedade e refuta a idéia de surgimento de uma nova classe no País, muito menos a de uma nova classe média.

    O resgate da condição de pobreza e o aumento do padrão de consumo, afirma Pochmann, não tiram a maioria da população emergente da classe trabalhadora. Para ele, é preciso a politização classista do fenômeno para aprofundar a tran ...

    Ano de publicação 2012.

  • Margem Esquerda n. 23 Dossiê: O Brasil entre o novo e o social desenvolvimentismo
    R$ 30,00

    Brasil, crescimento ou estagnação? Desenvolvimento ou desindustrialização? Em ano de eleições, polarizadas como poucas vezes se viu, a edição 23 da revista Margem Esquerda se propõe a discutir o presente e o futuro de nosso país. “Onda conservadora” de um lado – representada pela figura do tucano Aécio Neves – e a resistência democrática de outro, formada em torno da petista Dilma Rousseff, colocam em pauta diferentes projetos ou distintas nuances para o Brasil.

    Quais as causas e quais as extensões das turbulências que acometem a economia nos dias que correm? O dossiê “Brasil, que desenvolvimento?”, centrado no principal emb ...

    Ano de publicação 2014.

  • R$ 61,00

    Fruto dos mais de quarenta anos de cursos sobre O capital de Marx (livro I) lecionados pelo geógrafo marxista David Harvey em universidades ao redor do mundo, Para entender O capital é uma obra ao mesmo tempo sintética e densa, uma introdução para a compreensão de O capital, que chega em momento oportuno, de uma renovação do interesse pela análise das obras de Marx, em busca de um melhor entendimento das origens da falência econômica e dos nossos problemas atuais.

    Apesar de os últimos trinta anos, mais particularmente desde a queda do muro de Berlim e do fim da Guerra Fria, não terem sido um período muito favorável ou fértil para a eco ...

    Ano de publicação 2013.

  • R$ 38,00

    Baixe aqui gratuitamente a versão eletrônica (ebook) do livro.

    Como avaliar as enormes transformações pelas quais o Brasil passou ao longo da última década? O país foi palco de profundas mudanças desde que elegeu o Partido dos Trabalhadores. Compreender e refletir o seu legado tornou-se uma tarefa incontornável para pensar os rumos do País. Coeditado pela Boitempo e pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais sede Brasil (Flacso Brasil), o e-book do livro estará disponível para download gratuito a partir da segunda quinzena de maio.

    10 anos de governos pós-neoliberais ...

    Ano de publicação 2013.

  • O mito da grande classe média capitalismo e estrutura social
    R$ 38,00

    Depois de seu aclamado Nova classe média?, livro que reconfigurou o debate contemporâneo sobre o tema, o economista Marcio Pochmann lança O mito da grande classe média: capitalismo e estrutura social. Leitura obrigatória para compreender a história e os rumos das classes sociais brasileiras, a obra esclarece como e por que se propala mundo afora a ideia de “medianização” das sociedades e, no Brasil, a da existência de uma nova classe média.

    Atento sobretudo à dimensão ideológica da absorção da nomenclatur ...

    Ano de publicação 2014.

  • O emprego na globalização a nova divisão internacional do trabalho e os caminhos que o Brasil escolheu
    R$ 39,00

    Em O emprego na globalização: a nova divisão internacional do trabalho e os caminhos que o Brasil escolheu, Marcio Pochmann faz rigorosa genealogia do desemprego e da precarização do trabalho na atualidade. Em linguagem acessível, o autor aborda temas que auxiliam o leitor a entender o mercado de trabalho brasileiro.

    Estruturado em cinco partes, o livro contempla uma discussão inicial sobre a nova repartição do trabalho no mundo. Em seguida, aborda sua evolução a partir do declínio do número de ocupações. Na terceira e quarta partes são analisadas as situações de desemprego no mundo e no Brasil. A última trata das potencialidades ...

    Ano de publicação 2001.

  • Trabalho e subjetividade o espírito do toyotismo na era do capitalismo manipulatório
    R$ 38,00

    Com olhar crítico sobre as novas tendências no ambiente de trabalho, Giovanni Alves desvenda em seu novo livro um tema crucial na reestruturação produtiva do século XXI: a subjetividade do homem que trabalha. Resultado de um profundo estudo sobre as engrenagens de envolvimento e sujeição do trabalhador no espaço laborativo e os processos de produção, o livro Trabalho e subjetividade revela as influências de uma nova modalidade no mercado: a “empresa enxuta” ou “flexível”.

    Em substituição à coisificação típica da produção maquinal do taylorismo-fordismo, que form ...

    Ano de publicação 2011.