• Minhas compras
  • Entrar
  • Gérard Duménil
    Gérard Duménil autor

    Economista francês, Gérard Duménil é um dos mais reconhecidos estudiosos sobre o neoliberalismo no mundo. Membro do conselho editorial do Actuel Marx, e co-presidente, com Jacques Bidet, do Congrès Marx International, foi diretor de pesquisa do Centre National de la Recherche Scientifique, na Universidade de Paris X, Nanterre, onde atualmente leciona.

    Formado pela Ècole des Hautes Etudes Commerciales, de Paris, na década de 1960, em acalorado ambiente acadêmico e político, estudou a fundo a obra de Karl Marx. Para ele, a renovada violência do capitalismo neoliberal e sua crise trouxeram à tona a análise de classe em toda a sua evidência. Seu livro Le concept de loi économique dans ‘Le Capital’, escrito em 1978, logo após seu Marx et Keynes face à la crise, foi prefaciado por Louis Althusser.

    A partir dos anos 1980 passa a estudar, ao lado de Dominique Lèvy, as feições desta que identificaria como uma nova fase do capitalismo: o neoliberalismo. Combinando em seu trabalho, teoria e análises concretas, grandes quantidades de dados e modelagem matemática, juntos escreveram La dynamique du capital. Un siècle d'économie américaine (1996), Au-delà du capitalisme (1998) e Crise et sortie de crise. Ordres et désordres néolibéraux (2000) – traduzido para o ingles Harvard University Press como Capital Resurgent. Roots of the Neoliberal Revolution – e o mais recente Crise do neoliberalismo (Boitempo, 2014), além do artigo “O neoliberalismo sob a hegemonia norte-americana”, para a obra coletiva A finança mundializada (Boitempo, 2005), organizada por François Chesnais.

    Além destes escreveu também, com o filósofo Jacques Bidet, Altermarxisme, un autre marxisme pour un autre monde (2007) e, com o sociólogo Michael Löwy e Emmanuel Renault, Lire Marx (2009) e Les cent mots du marxisme (2009). Colabora regularmente com os jornais franceses Le Monde Diplomatique e Politis.

triangulo
  • A finança mundializada raízes sociais e políticas, configuração, conseqüências
    R$ 52,00

    A finança mundializada é uma coletânea de textos organizada por François Chesnais que contribui para o avanço do debate sobre as finanças globais contemporâneas. Tratase de uma colaboração importante para o entendimento das alterações ocorridas ao longo das três últimas décadas na estrutura e gestão de riqueza capitalista e na operação de mercados financeiros. No livro François Chesnais e mais 11 autores de diversas áreas da economia dissecam as relações entre mercado financeiro e a hegemonia militar política no mercado de câmbio etc norteamericana. Além disso analisam os riscos presentes na combinação de uma grande dependência externa da superpotência com uma doutrina de segurança agressiva de guerras 'preventivas'. A finança mundializada aborda que ...

    Ano de publicação 2005.

  • R$ 67,00

    Em A crise do neoliberalismo, Gérard Duménil e Dominique Lévy, dois dos mais influentes pesquisadores sobre o neoliberalismo, recontam a história desse novo estágio do capitalismo: do colapso dos subprimes à dita 'Grande Contração'. Ao discutir a financeirização econômica, a reestruturação produtiva, as lutas de classes e as relações internacionais às portas de uma nova ordem global multipolar, os autores propõem uma reflexão fundamental à compreensão da história e dos rumos da economia. O livro traz uma análise da chamada 'Grande Contração' de 2007-2010 no contexto da globalização neoliberal iniciada nos primeiros anos da década de 1980. Com uma abordagem crítica não dogmática, Duménil e Levy articulam uma enorme quantidade de dados perturbadores p ...

    Ano de publicação 2013.