• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Maurício Segall
    Maurício Segall autor

    Museólogo e economista, Maurício Segall é autor de duas peças de teatro premiadas – A formatura e O coronel dos coroneis – além do livro de poemas Máscaras ou aprendiz de feiticeiro (Iluminuras, 2000). Filho do artista Lasar Segall com a escritora e tradutora Jenny Klabin Segall, Mauricio nasceu em Berlim em 1926, onde viveu seus primeiros meses de vida. Em 1954 casou-se com a atriz Beatriz Segall, com quem tem três filhos. Em 1970, Maurício foi preso pelo regime militar brasileiro e condenado a dois anos de prisão em 1973 pelo Tribunal Militar de São Paulo. Em 1967, ele e seu irmão, Oscar Klabin Segall, fundaram o Museu Lasar Segall. Durante trinta anos, de 1967 a 1997, inclusive nos anos passados na prisão, Maurício Segall esteve à frente da instituição, localizada em São Paulo. Em 2013 foi nomeado Diretor Emérito do Museu Lasar Segall (MLS) pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC). A indicação foi aprovada por decisão unanime do Conselho Deliberativo do Museu. *   'Maurício Segall, filho de Jenny Klabin Segall e Lasar Segall, judeu de origem e, por teimosia, ateu convicto, paulistano de carteirinha, nasceu em 1926 e, com alguns poucos interregnos (por eemplo, um ano e meio estudando na EUA de Paris com bolsa de estudo das Nações Unidas, em 1952/53), sempre viveu e ainda vive no bairro da Vila Mariana, em São Paulo, onde provavelmente será enterrado em túmulo cativo...' Eu por meu outro eu, Maurício Segall

triangulo
  • R$ 45,00

    Em Controvérsias e Dissonâncias, Maurício Segall fala de museologia, política cultural e partidária, teatro, cinema e racismo. Protagonista de inúmeros episódios – como membro do PCB e depois do PT, diretor do Museu Lasar Segall e do Teatro São Pedro –, o autor revisita o passado recente e traça um mosaico original das últimas três décadas do século XX. ...

  • R$ 47,00

    "O acento no desacordo expressa o inconformismo do autor, e também uma certa confiança no valor educativo e transformador do conflito. São escritos de luta anticapitalista no campo da organização da cultura, da definição política da esquerda, do combate anti-racista e, aqui e ali, da discussão de obras e tendências artísticas." Roberto Schwarz Em Controvérsias e Dissonâncias, Maurício Segall fala de museologia, política cultural e partidária, teatro, cinema e racismo. Protagonista de inúmeros episódios – como membro do PCB e depois do PT, diretor do Museu Lasar Segall e do Teatro São Pedro –, o autor revisita o passado recent ...

    Ano de publicação 2001.