• Minhas compras
  • Entrar
  • Geraldo Augusto Pinto
    Geraldo Augusto Pinto autor

    Geraldo Augusto Pinto é doutor em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e atualmente leciona na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). É autor, entre outros, de A organização do trabalho no século 20: taylorismo, fordismo e toyotismo (Expressão Popular, 2010, 2. edição).

triangulo
  • Margem Esquerda 06 Dossiê: A Ofensiva conservadora
    R$ 30,00

    Na sua sexta edição, a revista Margem Esquerda traz um dossiê sobre conservadorismo e medo na sociedade contemporânea. Do projeto dos neoconservadores norte-americanos ao medo na mídia, nas artes e na cultura, Flávio Aguiar, Otília Arantes, Argemiro Ferreira e Luis Antonio Magalhães analisam a contra-ofensiva reacionária das últimas décadas. Outro destaque desta edição é uma homenagem a Florestan Fernandes, nos dez anos de sua morte, com textos de Sedi Hirano e Miriam Limoeiro Cardoso. Entre os artigos, um inédito de Raymond Williams, João Reis da Silva Jr. analisando a política econômica do governo Lula, e uma extensa pesquisa de Vinicius Dantas sobre ...

    Ano de publicação 2005.

  • Margem esquerda 08 Dossiê: Violência urbana
    R$ 30,00

    Nesta edição de Margem Esquerda, o dossiê temático, coordenado pelo filósofo Paulo Arantes, trata da violência urbana. Loïc Wacquant e Maria Orlanda Pinassi, entre outros autores, analisam as várias facetas do tema. Na periferia das grandes metrópoles, cresce a quantidade de crianças e jovens órfãos da urbanização, vítimas da violência e da marginalidade. Verdadeiros “excedentes” humanos, são alvos fáceis e permanentes do crime, que se torna parte estruturante da reprodução do capital. Os artigos mostram como a utopia do progresso e do bem-estar transformou-se em seu oposto: proliferam os espaços de insegurança, de vio ...

    Ano de publicação 2006.

  • A máquina automotiva em suas partes um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças
    R$ 42,00

    A emergente gestão do uso e da remuneração da força de trabalho em plena reestruturação capitalista, um tema crucial na incômoda questão do trabalho, é o ponto de partida para o professor Geraldo Augusto Pinto identificar em seu novo livro, A máquina automotiva em suas partes: um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças, o que representam os avanços da gestão flexível do trabalho numa economia periférica e dependente como a brasileira.Defendido como tese de doutorado no IFCH/Unicamp, com bolsa da Fapesp, o livro apresenta um estudo detalhado sobre os resultados do processo de reestruturação produtiva, inspirado por elementos do toyotismo, modelo de flexibilização do emprego assalariado, adotado por indústrias transnacionais, em consequênc ...

    Ano de publicação 2011.