• Minhas compras
  • Entrar
  • John Reed
    John Reed autor

    John Reed nasceu em Portland, Oregon, no dia 22 de outubro de 1887. Jornalista formado na Universidade de Harvard e já naquela época fascinado pelos ideais socialistas, começou a escrever para publicações de esquerda, sendo enviado em seguida como correspondente para o México e depois para a Europa e a Rússia. Além de muitos artigos e de México insurgente (1914), escreveu The War in Eastern Europe [A guerra na Europa ocidental] (1916) e o clássico Dez dias que abalaram o mundo (1919), que se tornou filme em 1981 – Reds – pelas mãos de Warren Beaty. Os livros de Reed inspiraram ainda mais dois filmes importantes: Outubro (1928) (baseado também em Dez dias que abalaram o mundo) e ¡Que viva México! (1931) (baseado em México insurgente), ambos de Sergei Eisenstein. Reed morreu no dia 19 de outubro de 1920, em Moscou, e foi sepultado no Kremlin, ao lado das grandes personalidades da revolução.  

triangulo
  • R$ 52,00

    No ano do centenário da Revolução Mexicana de 1910, a Boitempo Editorial reedita, com nova tradução, o depoimento mais importante sobre este momento decisivo da história latino-americana. Publicado em 1914, México insurgente foi o primeiro livro do jornalista estadunidense John Reed que, a partir daí, ganharia notoriedade como o mais importante correspondente de guerra daquele país. Então com 26 anos, Reed passou quatro meses no México a serviço de um jornal nova-iorquino, acompanhando de perto a derrubada do ditador Porfirio Días e as rebeliões camponesas que irromperam depois do assassinato do presidente Madero, que tomariam proporções de uma guerra civil. Como a ...

    Ano de publicação 2010.

  • R$ 38,00

    Seleção de textos – todos inéditos em português – do jornalista e escritor americano, autor de Dez dias que abalaram o mundo. Edição comemorativa dos oitenta anos de morte do escritor. Eu vi um novo mundo nascer é uma antologia de textos que falam da juventude do autor, da guerra, das greves operárias e da situação política nos Estados Unidos, do México de Pancho Villa, da Rússia revolucionária. Exemplos de alguns de seus melhores artigos foram redigidos para as revistas The Masses, Metropolitan, Seven arts e Liberator. Belíssimamente escrito, carregado de emoção e de fina ironia – mas com o olho crítico do ...

    Ano de publicação 2001.

  • R$ 42,00

    “A Rússia, ainda nos dois primeiros meses de 1917, era a monarquia dos Romanov. Oito meses mais tarde os bolcheviques apoderaram-se do leme; eles que, no princípio do ano, eram desconhecidos e cujos líderes, no momento mesmo do acesso ao poder, foram acusados de alta traição. Não encontramos na História outro exemplo de uma reviravolta tão brusca, sobretudo se nos lembrarmos de que se trata de uma nação com 150 milhões de habitantes. Claro está que os acontecimentos de 1917 – de qualquer prisma que os consideremos – merecem ser estudados. Assim Trotski abriu sua monumental História da Revolução Russa, em três volumes, escrita em 1930, quando já ...

    Ano de publicação 2017.

  • R$ 42,00

    A Revolução de Outubro [Oktiabrskaia Revoliutsia], de Leon Trótski, livro escrito poucos meses após a tomada do poder pelos operários e camponeses russos e publicado pela primeira vez em 1918, tinha como objetivo constituir um relato preliminar, destinado ao proletariado internacional, dos acontecimentos que levaram ao primeiro triunfo de uma revolução operária e socialista na história. Nos meses que se seguiram à sua aparição em russo, esse relato foi traduzido para diversos idiomas, incluindo o inglês, o alemão e o francês. Em cada uma dessas edições, no entanto, o livro foi publicado com um título diferente, o que terminou por contribuir para que este c ...