• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Moishe Postone
    Moishe Postone autor

    'A forma de dominação abstrata, historicamente específica, intrínseca às formas de mediação social fundamentais do capitalismo, é a dominação das pessoas pelo tempo.' Moishe Postone se propõe uma interpretação fundamental da crítica de maturidade de Karl Marx. Ele coloca em questão muitos dos pressupostos das análises marxistas tradicionais e oferece novas interpretações dos argumentos centrais de Marx. Isso é feito pelo desenvolvimento de conceitos destinados a captar o caráter essencial e o desenvolvimento histórico da sociedade moderna, e também para superar as dicotomias conhecidas de estrutura e ação, significado e vida material. Esses conceitos o levaram a uma análise original da natureza e de problemas do capitalismo e fornecem a base para uma crítica do “socialismo realmente existente”. De acordo com essa nova interpretação, Marx identifica o núcleo do sistema capitalista com uma forma impessoal de dominação social gerada pelo próprio trabalho e não simplesmente com mecanismos de mercado e propriedade privada. O trabalho proletário e o processo de produção industrial são caracterizados como expressões de dominação, e não como meios de emancipação humana. Essa reinterpretação gera uma análise crítica do caráter historicamente dinâmico da vida social moderna, que relaciona a forma do trabalho na sociedade moderna com a alienação e dominação presentes no coração do capitalismo. Essa reformulação, segundo Postone, fornece a base para uma teoria social crítica mais adequada ao capitalismo do século XX.

triangulo
  • Margem Esquerda n°23 Dossiê: Brasil, que desenvolvimento?
    R$ 30,00

    Brasil, crescimento ou estagnação? Desenvolvimento ou desindustrialização? Em ano de eleições, polarizadas como poucas vezes se viu, a edição 23 da revista Margem Esquerda se propõe a discutir o presente e o futuro de nosso país. “Onda conservadora” de um lado – representada pela figura do tucano Aécio Neves – e a resistência democrática de outro, formada em torno da petista Dilma Rousseff, colocam em pauta diferentes projetos ou distintas nuances para o Brasil. Quais as causas e quais as extensões das turbulências que acometem a economia nos dias que correm? O dossiê “Brasil, que desenvolvimento?”, centrado no principal embate te&oac ...

    Ano de publicação 2014.

  • Tempo, trabalho e dominação social uma reinterpretação da teoria crítica de Marx
    R$ 62,00

    Em Tempo, trabalho e dominação social, Moishe Postone, professor de história moderna da Universidade de Chicago, propõe uma reinterpretação fundamental da teoria crítica de Marx. Fortemente influenciado pela Escola de Frankfurt e inserido em uma das tradições mais radicais e contemporâneas do marxismo, Postone analisa o capitalismo, antes de tudo, como uma forma de vida. Escrito na década de 1990, esse livro inaugurou uma nova frente nos estudos marxistas, tão polêmica quanto necessária. As teses de Postone relacionam a forma do crescimento econômico e a estrutura do trabalho social na sociedade moderna com a alienação e a dominação presentes no cor ...

    Ano de publicação 2014.

  • Margem Esquerda n°31 Dossiê: crise brasileira
    R$ 30,00

    [Clique aqui para assinar a Margem e liberar 30% de desconto em todo site da Boitempo!] Em meio a uma das mais graves crises da jovem democracia brasileira e às vésperas de uma eleição presidencial conturbada, o dossiê desta edição, organizado pelo sociólogo Antônio Carlos Mazzeo e pelo historiador Luiz Bernardo Pericás, traz uma análise do atual momento histórico nacional, sumariando questões candentes que compõem os elementos complexos de uma crise social de profunda intensidade. Em texto de sua autoria, Mazzeo apresenta as origens histórico-ontológicas da autocracia burguesa brasileira, que constituem a base material e política do Estado e do atual momen ...

    Ano de publicação 2018.