• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Ángel Rama
    Ángel Rama autor

    Ángel Rama (1926-1983) foi um dos mais destacados intelectuais uruguaios do século XX, reconhecido como o grande crítico latino-americano de seu tempo. Foi ator, crítico de teatro, dramaturgo, tradutor e editor. Suas convicções lhe valeram um exílio na Venezuela, onde trabalhou como jornalista e professor. Entre 1979 e 1982, lecionou nas universidades de Maryland e Princeton, nos Estados Unidos, país que acabou por negar-lhe um visto de permanência após esse período, obrigando-o a mudar-se para Paris, pouco antes de sua morte precoce. Mesmo à distância, seu interesse pela política e o compromisso com a sociedade em que viveu seguiram norteando sua trajetória. Abordando de forma até então inédita o contexto social, ideológico e político que promovia as produções culturais latino-americanas, os trabalhos de Rama se tornaram referência para entender a realidade do continente. Rama foi responsável pela idealização, nos anos 1970, do projeto da Biblioteca de Ayacucho, coleção que reuniu os autores latino-americanos mais representativos. Seus principais trabalhos são A cidade das letras (Boitempo, 2015), Rubén Darío y el modernismo (1970) e Transculturación narrativa en América Latina (1982).

triangulo
  • R$ 42,00

    A cidade das letras é considerada uma obra de referência para a teoria literária. Escrita por um apaixonado pelo nosso continente, sua cultura e seus povos, neste livro Rama – que está para o Uruguai como Antonio Candido está para o Brasil – analisa o sistema cultural latino-americano entre os séculos XIX e XX, em especial o período de 1870-1900.

    As referências do autor partem da cultura – sem negar suas pluralidades, interfaces, fronteiras, divisões, tensões e contradições – e incluem temas urbanísticos, sociais e econômicos ao retratar a principal questão sobre a qual discorre o livro: as relações entre os letrados e a ...

    Ano de publicação 2015.