• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Renato Ortiz
    Renato Ortiz autor

    Renato Ortiz nasceu em Ribeirão Preto (SP) em 1947. Professor titular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), tem gradução em sociologia pela Université de Paris VIII (1972) e doutorado em Sociologia/Antropologia pela École des Hautes Études en Sciences Sociales (1975). Referência nos estudos sobre indústria cultural, modernidade e mundialização, Ortiz foi professor visitante e convidado em diversas instituições fora do país, como New York University, Notre Dame University (Indiana), Stanford University, Institut de l’Amerique Latine (Paris), Leiden University (Holanda) e Universidad de Buenos Aires.

triangulo
  • Os donos da voz indústria fonográfica brasileira e mundialização da cultura
    R$ 43,00

    Este livro oferece uma análise primorosa e inédita do funcionamento da indústria fonográfica brasileira e nos permite compreender os meandros da produção dessas mercadorias culturais. A autora avalia os avanços da indústria fonográfica no mundo, examinando sua organização administrativa, seus critérios de produção, seus números cada vez mais astronômicos, suas fusões e seus produtos em série ou diferenciados. Traça um amplo diagnóstico da produção independente e lança questões instigantes sobre a difusão musical via internet, procurando estimar o impacto das novas tecnologias na manutenção do ...

    Ano de publicação 2000.

  • Universalismo e diversidade contradições da modernidade-mundo
    R$ 42,00

    Em seu novo livro, o sociólogo Renato Ortiz expõe o mal-estar do universalismo ao refletir sobre a percepção do pluralismo, da diversidade e do relativismo cultural no contemporâneo. Para Ortiz, a “diversidade”, isto é, a forma como a pensamos e a discutimos hoje, pode ser considerada um emblema da globalização, que nos remete aos impasses e às incertezas do presente. Na busca por respostas consensuais em relação aos problemas comuns – as guerras, a dominação tecnológica, a divisão das sociedades em civilizadas e bárbaras, o racismo –, nossas certezas em relação ao universalismo dos filósofos iluministas já n&at ...

    Ano de publicação 2015.