• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Danilo Santos de Miranda
    Danilo Santos de Miranda autor

    Danilo Santos de Miranda nasceu em Campos, no Estado do Rio de Janeiro, em 24 de abril de 1943, onde viveu até os onze anos e fez seus primeiros estudos. As mudanças na estrutura familiar, os anos de estudo com os jesuítas até os 24 anos, primeiro em Nova Friburgo e depois em Itaici, e a efervescência dos anos 1960 proporcionaram-lhe os contornos de um modo de atuação marcado pela participação política e cultural e pela reflexão continuada sobre as questões da vida social brasileira. Em 1968 começou a trabalhar no Serviço Social do Comércio (SESC) como orientador social; em 1973 transferiu-se para a área de recursos humanos do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) e em 1984 retornou ao SESC como Diretor Regional para o Estado de São Paulo. É formado em Filosofia, Ciências Sociais e Administração. No novo cargo encontrou um campo propício para a convergência entre seus anseios de igualdade e democracia, decorrentes de sua formação pessoal e estudantil e a atuação prática do SESC no campo social. O resultado foi uma ampliação da atuação institucional, fundamentada em princípios educativos de ação cultural e desenvolvimento no tempo livre, o que aumentou sua presença na comunidade, favoreceu parcerias, possibilitou maior visibilidade na mídia e seu reconhecimento nacional e internacional. Hoje é tido como um dos mais importantes gestores de políticas socioculturais do País.

triangulo
  • Privatização da cultura a intervenção corporativa nas artes desde os anos 80
    R$ 65,00

    O crescente papel das grandes empresas e seus interesses privados no mundo das artes, na produção, circulação e nas instituições culturais no mundo, submetendo-a aos seus interesses, sob a ótica do marketing, do investimento em ativos ou da diplomacia de negócios. Este é o delicado e pouco explorado tema deste livro inovador da autora taiwanesa Chin-tao Wu, a partir de sua pesquisa na Universidade de Londres sobre as mudanças ocorridas nos sistemas de apoio às artes nos Estados Unidos e Reino Unido no final do século XX. Lançada no Brasil em uma coedição do SESC com a Boitempo Editorial, a obra analisa os efeitos das políticas para o setor dos governos de Ronald Reag ...

    Ano de publicação 2006.