• Minhas compras
  • Entrar
  • Marcelo Backes
    Marcelo Backes autor

    Marcelo Backes nasceu em Campina das Missões, no Rio Grande do Sul. Jornalista e crítico literário, traduziu – quase sempre em edições comentadas – mais de uma dúzia de clássicos alemães, prefaciou dezenas de obras e publicou um sem-número de ensaios e artigos. Vive desde 1999 na Alemanha, onde conclui doutorado em Literatura Alemã e Romanística pela Universidade de Freiburg.

triangulo
  • R$ 38,00

    Uma obra multifacetada que se move entre as fronteiras do fragmento, da novela e do tradicional romance picareso.Do fragmento ela tem o título e um aparente desleixo na tecitura da narrativa, que pode ser - muito antes - creditado à ironia do autor. Da novela a obra tem a extensão. O resto é romance picaresco.Schnabelewopski abandona sua pátria e vai conhecer o mundo como todos os heróis pícaros que o antecederam. Sua vida, suas andanças e aventuras tecem o pano da narrativa. Em todos os lugares por onde passa, o 'herói' vive sua história de amor. Não é um estudante exemplar e se esquiva de todos os duelos, nos quais apenas assume papel de espectador - ao contrário dos outros heróis pícaros, que geralmente se utilizaram da esperteza e acabam por afetar inclusive a ...

    Ano de publicação 2001.

  • A arte do combate A literatura alemã em cento e poucas chispas poéticas e outros tantos comentários
    R$ 58,00

    A arte do combate: a literatura alemã em cento e poucas chispas poéticas e outros tantos comentários, de Marcelo Backes, é um livro sem precedentes no Brasil. Didático e espirituoso, enciclopédico e combativo ao mesmo tempo, reúne poesias, fábulas, cartas, excertos, epigramas e aforismos dos mais representativos autores alemães do período entre Lutero (1483-1546) e Brecht (1898-1956).A todos os textos segue um comentário do autor, em que ele apresenta resumidamente o escritor, sua obra e o trecho compilado. Ao longo do livro, Backes faz também uma reflexão acerca do que considera ser a falta de combatividade típica da literatura brasileira. Backes apresenta - sempre que o gênero for mencionado pela primeira vez - uma breve história do aforismo, do epigrama, da fá ...

    Ano de publicação 2003.

  • A sagrada família ou a crítica da Crítica crítica: contra Bruno Bauer e consortes
    R$ 46,00

    A Boitempo Editorial traz ao público uma edição esmerada da primeira obra escrita em conjunto por Karl Marx e Friedrich Engels, um livro basilar para a compreensão do legado intelectual de Marx. A sagrada família, ou A crítica da Crítica contra Bruno Bauer e consortes, foi escrita por dois autores ainda jovens e em gritante desacordo com o pensamento dominante na Berlim da época e analisa as consequências políticas do neo-hegelianismo, polemizando ferozmente com Bruno Bauer e seu irmão Edgar, editores da Gazeta Geral Literária, publicada em Charlottemburgo, que preconizava uma política liberal elitista.Ao mesmo tempo panfletário e com reflexões teóricas densas, o texto revela a unidade interna do pensamento de Marx e Engels, tanto no que diz respeito à política, ...

    Ano de publicação 2003.

  • Livro indisponível

    Aurora é uma das mais bem acabadas novelas de Arthur Schnitzler, ambientada no período anterior à Primeira Guerra Mundial, ainda no século XIX, quando a moeda corrente ainda era o florim.O personagem principal - tenente Wilhelm Kasda - é um caráter fraco, que revela seu complexo de inferioridade ao menor dos atos. Por falta de identidade e de individualidade, e ainda para seguir a tradição familiar, se refugia no exército. Dentro desse quadro, Schnitzler constrói um ensaio brilhante sobre o jogo e a alma do jogador.A miséria humana é retratada em nuances fortes. O final, irremediável, é avassalador. A análise psicológica, feita por Schnitzler através de seus personagens, mostra o desejo, a sede e a busca do ato sexual beirando as fronteiras do obsceno. Com senso ...

    Ano de publicação 2018.