• Minhas compras
  • Entrar
  • José Arthur Giannotti
    José Arthur Giannotti autor

    Professor emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, onde ingressou como aluno em 1950. Estudou na França entre 1956 e 1958 sob Goldschmidt, Guéroult, Merlau-Ponty e Vuillemin. Sua tese de livre-docência pela USP em 1965 é 'Alienação do trabalho objetivo', orientada por João Cruz Costa. Destacou-se como conhecedor respeitado do pensamento de Karl Marx, mas sempre manteve distância ideológica de seus colegas de esquerda que, como Marilena Chaui, Francisco de Oliveira e Paul Singer, foram participar do Partido dos Trabalhadores. Seus estudos sobre Marx datam de fins dos anos cinquenta, época em que teve início na USP um seminário de leitura d'O Capital que reunia jovens historiadores, economistas, cientistas sociais, críticos literários e filósofos. Participaram do 'Seminário Marx', junto com Giannotti, Fernando Novais, Octavio Ianni, Paul Singer, Ruth e Fernando Henrique Cardoso, Francisco Weffort, Roberto Schwarz e Bento Prado Jr.  

triangulo
  • O capital [Livro 1] crítica da economia política. O processo de produção do capital
    R$ 139,00

    Em 2011, a Boitempo deu início a uma de suas maiores empreitadas editoriais: a tradução completa de O capital, a principal obra de maturidade de Karl Marx. Em março de 2013, em meio ao projeto MARX: a criação destruidora, um conjunto de eventos que reuniu milhares de pessoas para debater a atualidade de seu pensamento, foi lançado o primeiro livro, O processo de produção do capital, traduzido pela primeira vez a partir da edição preparada no âmbito do projeto alemão MEGA-2 (Marx-Engels Gesamtausgabe), com tradução de Rubens Enderle. O clássico de Marx foi originalmente publicado na Alemanha em 1867 e é considerado a mais profunda investigação crítica do modo de produção capitalista. O capital, da Boitempo, é o décimo sexto volume da Coleção Marx e Engel ...

    Ano de publicação 2011.

  • Nós que amávamos tanto O Capital leituras de Marx no Brasil
    R$ 23,00

    "Nós que amávamos tanto O capital" é resultado do Seminário Internacional "Marx: a criação destruidora", realizado pela Boitempo em parceria com o Sesc São Paulo em 2013, que recuperou os eventos ocorridos entre 1956 e 1964, quando um grupo de jovens professores da Universidade de São Paulo (USP) dá início ao estudo da obra de Marx. Esses estudos, ficaram conhecidos como Seminários Marx. Nessa coletânea, quatro participantes dos Seminários Marx expõem muito mais que seus depoimentos sobre aquela experiência: trazem para o debate atual o significado que tais estudos tiveram para a compreensão científica de realidades brasileiras que desenvolveram em seus trabalhos futuros. Roberto Schwarz, crítico literário e professor de teoria literária, traz em seu depoiment ...

    Ano de publicação 2017.