• Alvaro Garcia Linera
    Alvaro Garcia Linera autor

    Álvaro García Linera foi vice-presidente da Bolívia de 2006 a 2019, eleito na chapa do ex-presidente Evo Morales. É matemático, sociólogo, estudioso dos movimentos sociais e da “esquerda indígena” boliviana e professor titular de sociologia e ciências políticas da Universidad Mayor de San Andrés, La Paz. Inspirado em intelectuais como o peruano José Carlos Mariátegui, cuja teoria não desconsidera as particularidades da América Latina, procura interpretar a realidade boliviana a partir da teoria social de Marx e o legado político e histórico deixado por ele. Recebeu o prêmio Agustín Cueva 2004, da Escuela de Sociología e Ciencias Políticas de La Universidad Central del Ecuador. É autor de vários livros, dentre os quais destacamos Sociología de los movimientos sociales en Bolivia (La Paz, Oxfam/Diakonía, 2004). 

triangulo
  • A potência plebeia ação coletiva e identidades indígenas, operárias e populares na Bolívia
    R$ 71,20

    Ex-vice-presidente do Estado Plurinacional da Bolívia, Álvaro García Linera é um dos mais destacados intelectuais de seu país e do continente. Com longa trajetória de militância e elaboração teórica, García Linera sempre primou pela busca de um marxismo adaptado à realidade concreta boliviana e sul-americana, conciliando o pensamento materialista dialético clássico com uma série de influências indígenas e de outras matrizes do pensamento social.   Coletânea de seis ensaios produzidos em diferentes épocas, A potência plebeia – ação coletiva e identidades indígenas, operárias e populares na Bolívi ...

  • Margem Esquerda 15 Dossiê: Teorias do estado na America latina hoje
    R$ 35,00

    O papel transformador do Estado ressurge nas perspectivas de transformação social com experimentos institucionais democráticos na América Latina. Desenvolvimento, democracia e bem-estar social convivem, sob tensão, nas propostas políticas de países como Bolívia, Brasil e Equador. Na tradição marxista, as experiências latino-americanas viram as páginas do Estado mínimo neoliberal e do socialismo de Estado soviético. A Margem Esquerda se propõe a discutir as possibilidades e os dilemas de transformação relacionados ao novo tipo de Estado da América Latina. O desenvolvimento criativo é irregular no continente. O dossiê deste número, so ...

    Ano de publicação 2010.