• Minhas compras
  • Entrar
  • Antonio Carlos Mazzeo
    Antonio Carlos Mazzeo autor

    Antonio Carlos Mazzeo é doutor em história econômica pela Universidade de São Paulo, pós-doutor em filosofia política pela Università Degli Studi Roma-Tre e Livre-Docente em ciência política pela Universidade Estadual Paulista. É professor dos programas de pós-graduação em história econômica (USP) e serviço social (PUC-SP). É membro do Comitê Central do PCB e pela Boitempo, publicou, O voo de Minerva: a construção da política, do igualitarismo e da democracia no Ocidente Antigo (2009), Estado e burguesia no Brasil: origens da autocracia burguesa (2015), Os portões do Éden: igualitarismo, política e Estado nas origens do pensamento moderno (2019) e Sinfonia inacabada: a política dos comunistas no Brasil (2022).

triangulo
  • O vôo de Minerva a construção da política, do igualitarismo e da democracia no ocidente antigo
    R$ 47,00

    Em O vôo de Minerva, Antonio Carlos Mazzeo defende a hipótese de que o 'Ocidente Antigo' é resultado de um longo processo de mediterranização da cultura oriental, ou seja, da absorção da cultura oriental pelo Ocidente. O título do livro sugere assim, não só o termo-chave de sua investigação, como a perspectiva crítica em que ela está inserida.O autor procura demonstrar quais são os pontos de partida da diferenciação da base econômica das sociedades ocidentais e orientais, sendo que a questão do comércio oferece apenas um começo de explicação da diferença ocidental, já que no Oriente também se co ...

    Ano de publicação 2009.

  • R$ 58,00

    Publicado pela primeira vez em 1970, na França, e agora em nova edição no Brasil, este já clássico livro do sociólogo Michael Löwy foi também traduzido do francês para o italiano, o espanhol, o japonês e o inglês.Escrito originalmente em Paris como tese de doutorado, sob a orientação de Lucien Goldmann, a obra é essencialmente um estudo da evolução política e filosófica de Karl Marx no contexto histórico das lutas sociais na Europa durante os decisivos anos de 1840 a 1848 e, em particular, sua relação com as experiências de luta da classe operária em formação e com o primeiro movimento socialista/comunista.Lö ...

    Ano de publicação 2012.

  • Intérpretes do Brasil clássicos, rebeldes e renegados
    R$ 85,00

    Clássicos, rebeldes e renegados' é o subtítulo de Intérpretes do Brasil, livro que os professores de História da USP Luiz Bernardo Pericás e Lincoln Secco organizaram para traçar um amplo panorama do pensamento crítico político-social brasileiro dos séculos XX e XXI. São ao todo 27 estudos e ensaios escritos por reconhecidos especialistas acadêmicos que se debruçaram sobre a vida e a obra de alguns dos principais intérpretes da história e da cultura no Brasil. 'Acreditamos que este livro é um aporte importante sobre vários intelectuais emblemáticos e suas teorias. Para isso, pudemos contar com a generosa colaboração de diversos estudio ...

    Ano de publicação 2014.

  • Estado e burguesia no Brasil origens da autocracia burguesa
    R$ 45,00

    Em Estado e burguesia no Brasil, o sociólogo Antonio Carlos Mazzeo faz uma reflexão sobre a formação econômico-social brasileira, desde sua colonização até o fim do século XX, acentuando a peculiaridade funcional da nossa burguesia. Mazzeo traça um amplo panorama que compreende o diálogo com prestigiados estudiosos da história brasileira, como Caio Prado Jr. e Florestan Fernandes, e os processos políticos que nosso país viveu ao longo do século XX, em especial no pós-1930, incluindo o golpe de 1964 e seus desdobramentos.O livro é composto por cinco partes, incluindo um estudo da transição do feudalismo ao capitalismo na Europa, as mudanças da& ...

    Ano de publicação 2015.

  • Reboquismo e dialética uma resposta aos críticos de História e consciência de classe
    R$ 47,00

    Escrito, provavelmente entre 1925 e 1926, para responder pontualmente as críticas a História e consciência de classe (1923), Reboquismo e dialética permaneceu inédito por muitos anos, e o próprio autor jamais se referiu a ele, até que o manuscrito foi descoberto nos arquivos de Moscou e publicado em 1996.Nesse breve ensaio que ora recebe sua primeira edição brasileira, György Lukács − um dos maiores intelectuais do século XX - parte da teoria marxiana, passa pela função do sujeito no processo de desenvolvimento histórico e problematiza a consciência de classe ao refutar a ideia de que ela seja somente um estado psicólogico desatrelado da materialidade, argument ...

    Ano de publicação 2015.

  • Guerra e revolução o mundo um século após Outubro de 1917
    R$ 93,00

    Este livro é uma vigorosa resposta àqueles que pretendem desacreditar a história da luta emancipatória. Neste denso e original balanço das revoltas modernas, Domenico Losurdo identifica e recrimina uma tendência reacionária que tem crescido entre historiadores contemporâneos: o revisionismo. Articulando com maestria categorias filosóficas e políticas como guerra civil internacional, revolução, totalitarismo e genocídio, o autor demonstra como as reais motivações dos revisionistas pouco têm a ver com o esforço para um melhor entendimento do passado; em vez disso, baseiam-se nas circunstâncias do presente e nas necessidades ideológicas das classes pol&iac ...

    Ano de publicação 2017.

  • Margem Esquerda 31 Dossiê: crise brasileira
    R$ 35,00

    Em meio a uma das mais graves crises da jovem democracia brasileira e às vésperas de uma eleição presidencial conturbada, o dossiê desta edição, organizado pelo sociólogo Antônio Carlos Mazzeo e pelo historiador Luiz Bernardo Pericás, traz uma análise do atual momento histórico nacional, sumariando questões candentes que compõem os elementos complexos de uma crise social de profunda intensidade. Em texto de sua autoria, Mazzeo apresenta as origens histórico-ontológicas da autocracia burguesa brasileira, que constituem a base material e política do Estado e do atual momento histórico nacional. O sociólogo Giovanni Alves expõe as condi&ccedi ...

    Ano de publicação 2018.

  • Os portões do Éden Igualitarismo, política e Estado nas origens do pensamento moderno
    R$ 75,00

    Na sequência de seu livro O voo de minerva: a construção da política, do igualitarismo e da democracia no Ocidente Antigo, Antonio Carlos Mazzeo traz aos leitores uma profunda sondagem teórico-histórica das questões mais importantes levantadas pela sociedade contemporânea acerca da democracia, do igualitarismo e do poder. Em Os portões do Éden: igualitarismo, política e Estado nas origens do pensamento moderno, o autor radica sua pesquisa histórico-filosófica nas origens helenísticas do igualitarismo e das formas políticas de resolução das necessidades organizativas das sociedades.O corte filosófico encetado pela passagem da questão do 'que fazer? ...

    Ano de publicação 2019.

  • Sinfonia inacabada a política dos comunistas no Brasil
    R$ 69,00

    No final dos anos 1970 e no início dos 1980, as movimentações operárias do ABC paulista abrem perspectiva para a construção de um polo democrático-popular que possibilitaria o aprofundamento da democracia brasileira em dimensões jamais vistas. Se os setores de esquerda aglutinados em torno da vanguarda operária, e que posteriormente formariam o Partido dos Trabalhadores (PT), não conseguem construir essa alternativa, o Partido Comunista Brasileiro, até então hegemônico dentro do movimento operário, também não se mostra capaz de compreender a importância dessas manifestações e tem sua política derrotada no movimento de massas ao insistir em mant ...

    Ano de publicação 2022.

  • Margem Esquerda 20 Dossiê: 'Os donos da voz'
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A revista semestral Margem Esquerda traz em seu vigésimo número entrevista exclusiva com um dos mais importantes intelectuais cubanos da atualidade, Fernando Martínez Heredia, diretor da prestigiosa revista Pensamento Crítico nos anos 1960. O homenageado desta edição é Oscar Niemeyer (1907-2012), que comparece com seu “Poema da curva” e desenhos, na capa e miolo da revista, além de ser tema de um texto do arquiteto Luis Recamán. Consagrada pela profundidade de suas análises e unidade editorial – conta com um conselho composto por nomes do calibre de István Mészáros Francisco de Oliveira, Michael Löwy, Slavoj Žižek, Leandro Konder e Emir Sader, entre outros &nd ...

    Ano de publicação 2013.