• Minhas compras
  • Entrar
  • Marcio Pochmann
    Marcio Pochmann autor

    Marcio Pochmann é professor do Instituto de Economia da Unicamp. Seu livro Nova classe média, publicado pela Boitempo em 2012 é um dos finalistas do prêmio Jabuti deste ano na categoria de não-ficção. No período de 2001 a 2004, em São Paulo, Pochmann dirigiu a Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade durante o governo da prefeita Marta Suplicy. A partir de 2007, passou a exercer a presidência do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília, cujo comando deixou este ano para retornar a Campinas. Nas eleições 2012, Marcio Pochmann foi o candidato do PT à Prefeitura de Campinas.

triangulo
  • O mito da grande classe média capitalismo e estrutura social
    R$ 38,00

    A economia política da mobilidade social recentemente retomada no Brasil aponta para duas questões especiais. A primeira se relaciona à tensão aberta em torno da abissal diferença de qualidade de vida entre ricos e pobres.Desde a década de 2000, a inclusão social em massa interfere na base geral da prestação de serviços baratos pelos pobres aos ricos. Por dispor de enorme força de trabalho barata e expressiva para atender aos serviços familiares e pessoais, as elites brasileiras, que detêm uma qualidade de vida consagrada pelo consumo equivalente ao dos ricos nos países desenvolvidos, contam ainda com uma verdadeira rede de serviçais.O salto na geração de ocupações formais reduziu sensivelmente o desemprego, sobretudo entre os pobres, tornando menos abundante a ...

    Ano de publicação 2014.

  • Margem Esquerda 29 Dossiê: Lutas indígenas e socialismo
    R$ 30,00

    Em um ano de diversos retrocessos políticos, a Margem Esquerda se debruça sobre a questão da terra no Brasil, em dossiê organizado pela pesquisadora Silvia Adoue.  A expansão das cadeias extrativistas e as lutas e movimentos indígenas que se organizam por toda a América Latina são temas pulsantes nessa edição, assim como a ascensão global da direita, a precarização e perda de direitos da classe trabalhadora, o desmatamento e a degradação do meio ambiente.   Em diálogo com o dossiê, a seção de artigos apresenta “Monopólios, desnacionalização e violência: a questão agrária no ...

    Ano de publicação 2017.

  • O emprego na globalização a nova divisão internacional do trabalho e os caminhos que o Brasil escolheu
    Livro indisponível

    Em O emprego na globalização: a nova divisão internacional do trabalho e os caminhos que o Brasil escolheu, Marcio Pochmann faz rigorosa genealogia do desemprego e da precarização do trabalho na atualidade. Em linguagem acessível, o autor aborda temas que auxiliam o leitor a entender o mercado de trabalho brasileiro.Estruturado em cinco partes, o livro contempla uma discussão inicial sobre a nova repartição do trabalho no mundo. Em seguida, aborda sua evolução a partir do declínio do número de ocupações. Na terceira e quarta partes são analisadas as situações de desemprego no mundo e no Brasil. A última trata das potencialidades que podem ser mobilizadas no enfrentamento do excedente de mão de obra em nosso país.Apoiando-se em vasto e consistente volume de da ...

    Ano de publicação 2001.

  • R$ 42,00

    Partindo de dados alarmantes sobre o aumento do desemprego no Brasil, Marcio Pochmann faz uma análise criteriosa da relação entre a falta de trabalho e a adoção de políticas econômicas desfavoráveis ao país em seu novo livro, O emprego no desenvolvimento da nação, lançado pela Boitempo Editorial.No ano 2000, o Brasil ocupava o terceiro lugar no ranking do desemprego mundial, apesar de contar com a quinta maior população do globo. Na época, apenas 54% dos ocupados brasileiros recebiam salários. Já em 1980, dois em cada três trabalhadores recebiam salários e entre os assalariados, 70% tinham emprego formal.Entender os fatores que possibilitaram tais transformações é um dos objetivos de Marcio Pochmann em O emprego no desenvolvimento da nação. O livro vai al ...

    Ano de publicação 2008.

  • Margem Esquerda 15 Dossiê: Teorias do estado na America latina hoje
    Livro indisponível

    O papel transformador do Estado ressurge nas perspectivas de transformação social com experimentos institucionais democráticos na América Latina. Desenvolvimento, democracia e bem-estar social convivem, sob tensão, nas propostas políticas de países como Bolívia, Brasil e Equador. Na tradição marxista, as experiências latino-americanas viram as páginas do Estado mínimo neoliberal e do socialismo de Estado soviético. A Margem Esquerda se propõe a discutir as possibilidades e os dilemas de transformação relacionados ao novo tipo de Estado da América Latina. O desenvolvimento criativo é irregular no continente. O dossiê deste número, so ...

    Ano de publicação 2010.

  • Nova classe média? o trabalho na base da pirâmide social brasileira
    R$ 37,00

    Presidente do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Marcio Pochmann lança, pela Boitempo, um estudo sobre a mobilidade na base da pirâmide social brasileira durante o início do século XXI. Nova classe média? analisa as recentes transformações na sociedade e refuta a idéia de surgimento de uma nova classe no País, muito menos a de uma nova classe média.O resgate da condição de pobreza e o aumento do padrão de consumo, afirma Pochmann, não tiram a maioria da população emergente da classe trabalhadora. Para ele, é preciso a politização classista do fenômeno para aprofundar a transformação da estrutura social, sem a qual a massa popular em emergência ganha um caráter predominantemente mercadológico, individualista e conformista sobre a natureza e ...

    Ano de publicação 2012.

  • Margem Esquerda 23 Dossiê: Brasil, que desenvolvimento?
    R$ 30,00

    Brasil, crescimento ou estagnação? Desenvolvimento ou desindustrialização? Em ano de eleições, polarizadas como poucas vezes se viu, a edição 23 da revista Margem Esquerda se propõe a discutir o presente e o futuro de nosso país. “Onda conservadora” de um lado – representada pela figura do tucano Aécio Neves – e a resistência democrática de outro, formada em torno da petista Dilma Rousseff, colocam em pauta diferentes projetos ou distintas nuances para o Brasil. Quais as causas e quais as extensões das turbulências que acometem a economia nos dias que correm? O dossiê “Brasil, que desenvolvimento?”, centrado no principal embate te&oac ...

    Ano de publicação 2014.

  • R$ 38,00

    Como avaliar as enormes transformações pelas quais o Brasil passou ao longo da última década? O país foi palco de profundas mudanças desde que elegeu o Partido dos Trabalhadores. Compreender e refletir o seu legado tornou-se uma tarefa incontornável para pensar os rumos do País. Coeditado pela Boitempo e pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais sede Brasil (Flacso Brasil), o e-book do livro estará disponível para download gratuito a partir da segunda quinzena de maio.10 anos de governos pós-neoliberais no Brasil, coletânea organizada pelo sociólogo Emir Sader, contribui para essa difícil empreitada, com reflexões de alguns dos mais destacados pensadores brasileiros, como Marilena Chauí, Marco Aurélio Garcia, Marcio Pochmann, Luiz Gonzaga Belluzzo, Jos ...

  • Livro indisponível

    O papel transformador do Estado ressurge nas perspectivas de transformação social com experimentos institucionais democráticos na América Latina. Desenvolvimento, democracia e bem-estar social convivem, sob tensão, nas propostas políticas de países como Bolívia, Brasil e Equador. Na tradição marxista, as experiências latino-americanas viram as páginas do Estado mínimo neoliberal e do socialismo de Estado soviético. A Margem Esquerda se propõe a discutir as possibilidades e os dilemas de transformação relacionados ao novo tipo de Estado da América Latina. O desenvolvimento criativo é irregular no continente. O dossiê deste número, sobr ...

    Ano de publicação 2010.