• Minhas compras
  • Entrar
  • Paulo Arantes
    Paulo Arantes autor

    Paulo Arantes é filósofo, professor aposentado do Departamento de Filosofia da Universidade de São Paulo (USP), onde lecionou entre 1968 e 1998, tendo atuado como Coordenador do Programa de Pós-Graduação (1984-1988) e editor da revista Discurso (1976-1991) . Publicou, entre outros, Hegel: a ordem do tempo (1981), Ressentimento da dialética (1996) e Zero à esquerda (2004). Atualmente coordena a coleção Estado de Sítio, da Boitempo.

triangulo
  • Moderno de nascença figurações críticas do Brasil
    R$ 52,00

    O Brasil, difícil de imaginar, país que todos imaginamos. A contradição, do ser ou não ser, a crise de identidade, está na origem de nossa formação nacional. Aliás, éramos alvo de imaginação, antes mesmo de existirmos: os portugueses, mas também outros povos europeus colonizadores, olhavam para o oceano fantasiando sobre a terra de fartura, a Cocanha revisitada, que encontrariam no Novo Mundo. Quando aportam no litoral baiano, as naus lusitanas carregam sua cultura - e, missão divina, fazem de tudo para sobrepujar a cosmologia nativa. Moderno de nascença: figurações críticas do Brasil reúne ensaios de treze autores, com o complexo intuito de retrata ...

    Ano de publicação 2006.

  • Brasil Delivery servidão financeira e estado de emergência econômico
    R$ 53,00

    A política econômica conservadora adotada por Luiz Inácio Lula da Silva ao chegar à presidência é o ponto de partida de Brasil Delivery, novo livro da economista Leda Paulani, publicado pela Boitempo. A primeira reação, não esconde a autora, é de perplexidade - atitude que não foi incomum entre os intelectuais que participaram da construção do Partido dos Trabalhadores. Superado o baque inicial, Leda Paulani se dispõe a entender as razões que levaram a essa guinada conservadora de Lula e as consequências da continuidade da política neoliberal.A autora desenvolve sua argumentação e crítica ao que entende, em linhas gerais, como a transforma&ccedi ...

    Ano de publicação 2008.

  • Margem Esquerda 12 Dossiê: Resistências populares na cidade neoliberal
    R$ 33,00

    Em lugar das modernas e funcionais cidades prometidas pelo neoliberalismo, as megalópoles do Sul do mundo multiplicam favelas. São o retrato de uma terra arrasada, onde milhões de pessoas vivem em moradias precárias, cercadas por lixo, poluição e ruínas, apartadas do mundo formal. A especulação imobiliária expulsa os pobres das regiões centrais para as periferias, numa segregação urbana que reflete a incessante guerra social de nosso tempo. Na entrevista que concedeu à Margem Esquerda – coordenada pela professora Otilia Fiori Arantes, com a participação de Ermínia Maricato, Mariana Fix e Michael Löwy –, o historiador marxista Mike Davis exp&ot ...

    Ano de publicação 2008.

  • Cidades Rebeldes Passe livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil
    R$ 18,00

    O lançamento pretende contribuir com o debate iniciado pelo Movimento Passe Livre (MPL) - o MPL-SP participa da coletânea com um artigo -, ajudando a consolidar suas bases teóricas e práticas. Nesse sentido, Cidades rebeldes reúne o pensamento crítico independente para refletir os fatos recentes, em meio a uma disputa de interpretações das vozes rebeldes, que se estendeu inclusive às ruas. Raquel Rolnik, na apresentação do livro, pensa as manifestações 'como um terremoto que perturbou a ordem de um país que parecia viver uma espécie de vertigem benfazeja de prosperidade e paz, e fez emergir não uma, mas uma infinidade de agendas mal resolvidas, contradiç&otild ...

    Ano de publicação 2013.

  • O novo tempo do mundo e outros estudos sobre a era da emergência
    R$ 67,00

    Os ensaios que integram O novo tempo do mundo formam o mapa possível de nosso tempo - um tempo em contínua guerra civil, assinalado pela ausência de perspectivas, estado de exceção permanente, catástrofe ambiental, colapso urbano e militarização do cotidiano: uma era de perpétua emergência, em que esquerda e direita confluem na gestão de programas de urgência. Refletindo sobre as manifestações de junho de 2013, o extermínio colonial, a economia de guerra, a indústria dos presídios, as UPPs, o trabalho nos campos de concentração, as revoltas nos guetos, o golpe militar de 64, Paulo Arantes enfrenta neste livro o ambicioso desafio de pensar a experiência da história em uma era de expectativas decrescentes.'Se a esquerda intelectual brasileira pretende mesmo alg ...

    Ano de publicação 2014.

  • Fluxos em cadeia as prisões em São Paulo na virada dos tempos
    R$ 45,00

    Neste livro, Rafael Godoi explora o funcionamento atual e cotidiano do sistema penitenciário paulista a partir de três aspectos: 1 - a dinâmica da execução penal e o particular regime de processamento que organiza o fluxo de condenados pelos espaços de reclusão; 2 - o processo de expansão interiorizada do parque penitenciário, as formas de territorialização das unidades prisionais, da população carcerária e das agências que compõem o sistema de justiça; e 3 - o sistema de abastecimento que promove condições mínimas de sobrevivência no interior das prisões e as diversas modalidades de investimentos materiais e políticos que o ...

    Ano de publicação 2017.

  • R$ 59,00

    Extinção é parte da coleção Estado de Sítio. O livro do filósofo Paulo Arantes reúne escritos em que o autor destrincha as entranhas do imperialismo norte-americano -"guerra ao terror", ataques "preventivos", "tortura terceirizada", guerra "high-tech", petróleo e dinheiro - e o que ele aponta como o colapso do petismo no Brasil.   Cortante, irônico, ágil e provocador, os textos descortinam, sem meias palavras ou concessões, as mistificações de intelectuais que justificam a barbárie e as ilusões conciliadoras de alguns grupos de esquerda. A falência do governo Lula - sobre o qual "dizer que acabou não de ...

    Ano de publicação 2007.

  • R$ 65,00

    Desmanche. Da representação, da política, do público, da sociedade, das instituições, da democracia e da participação justamente quando estas pareciam mais próximas do que nunca, com o fim da ditadura militar. O novo livro da coleção Estado de Sítio, A era da indeterminação, é um projeto do Centro de Estudos dos Direitos da Cidadania (Cenedic), que investiga a privatização das decisões, a redução da esfera pública e o estado de exceção como paradigma de governo. Inspirado nas ideias de Francisco de Oliveira, autor de dois artigos e co-organizador junto com Cibele Saliba Rizek, o livro avança sobre o campo de compre ...

    Ano de publicação 2007.