• Ricardo Antunes
    Ricardo Antunes autor

    Ricardo Antunes é um dos principais nomes da Sociologia do Trabalho no Brasil. Professor titular de Sociologia no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (IFCH/Unicamp), Antunes é coordenador da coleção 'Mundo do trabalho', da Boitempo.

  • 1
  • /
  • 2
triangulo
  • O século XXI socialismo ou barbárie?
    R$ 43,00

    O húngaro István Mészáros, professor emérito da Universidade de Sussex, na Inglaterra, é um dos principais pensadores marxistas da atualidade. Discípulo e colaborador do filósofo György Lukács, com quem trabalhou na Universidade de Budapeste de 1954 até a repressão soviética ao levante de 1956, é um pensador radical.Profundo conhecedor da longa tradição dos estudos marxistas, é autor de obras clássicas como A teoria da alienação, O poder da ideologia e do sólido estudo Para além do capital, sem dúvida sua obra de maior envergadura e densidade, lançada em 2002 no Brasil pela Boitempo Editorial. Nesta obra, Mész ...

    Ano de publicação 2003.

  • Margem Esquerda 07 Dossiê: Dilemas da Esquerda
    R$ 35,00

    A revista Margem Esquerda começa seu quarto ano de vida discutindo os dilemas da esquerda brasileira no último ano do governo Lula e diante de um novo ciclo eleitoral. A questão é analisada sob vários ângulos e posições diferentes, desde aqueles que consideram que o PT se tornou mero gestor do neoliberalismo, como daqueles que defendem um resgate do projeto original do partido, considerando que a atual administração é um “espaço em disputa” e que o PT é ainda a melhor alternativa para acumular forças. De Gilberto Maringoni, classificando a próxima disputa eleitoral como “rumo ao quinto governo Collor”, até uma defesa da vitalidade do partido ...

    Ano de publicação 2006.

  • Margem Esquerda 08 Dossiê: Violência urbana
    R$ 35,00

    Nesta edição de Margem Esquerda, o dossiê temático, coordenado pelo filósofo Paulo Arantes, trata da violência urbana. Loïc Wacquant e Maria Orlanda Pinassi, entre outros autores, analisam as várias facetas do tema. Na periferia das grandes metrópoles, cresce a quantidade de crianças e jovens órfãos da urbanização, vítimas da violência e da marginalidade. Verdadeiros “excedentes” humanos, são alvos fáceis e permanentes do crime, que se torna parte estruturante da reprodução do capital. Os artigos mostram como a utopia do progresso e do bem-estar transformou-se em seu oposto: proliferam os espaços de insegurança, de vio ...

    Ano de publicação 2006.

  • Margem Esquerda 10 Dossiês: 90 anos da Revolução Russa + Em defesa da universidade pública
    R$ 35,00

    O décimo número da revista Margem Esquerda é dedicado aos 40 anos da morte de Ernesto Che Guevara e aos 90 anos da Revolução Russa. A publicação traz um dossiê especial com textos de Moshe Lewin, um dos mais respeitados estudiosos da vitória bolchevique, que analisa a dinâmica de governo dos sovietes. Virginia Fontes debate a atualidade do pensamento de Lenin sobre o imperialismo, enquanto a transcedência da Revolução e a situação atual da Rússia são analisadas por Tony Wood. Além disso, as “Cartas de longe” de Lenin, escritas na Suíça entre março e abril de 1917, compõem a seção “Clássicos ...

    Ano de publicação 2007.

  • A situação da classe trabalhadora na Inglaterra segundo as observações do autor e fontes autênticas
    R$ 75,00

    A Boitempo Editorial, seguindo seu propósito de publicar todas as obras de Karl Marx e Friedrich Engels em traduções realizadas diretamente do alemão, lança A situação da classe trabalhadora na Inglaterra, clássico de Engels e referência obrigatória na bibliografia das Ciências Sociais.Escrita em 1845, essa obra não estava disponível para o público brasileiro havia muito tempo. A nova tradução foi inteiramente cotejada e supervisionada por José Paulo Netto, que assina também o texto de apresentação. A capa, como nos demais volumes da coleção, traz ilustração de Cássio Loredano.Reconhecido pela extrema original ...

    Ano de publicação 2008.

  • R$ 49,00

    Partindo de dados alarmantes sobre o aumento do desemprego no Brasil, Marcio Pochmann faz uma análise criteriosa da relação entre a falta de trabalho e a adoção de políticas econômicas desfavoráveis ao país em seu novo livro, O emprego no desenvolvimento da nação, lançado pela Boitempo Editorial.No ano 2000, o Brasil ocupava o terceiro lugar no ranking do desemprego mundial, apesar de contar com a quinta maior população do globo. Na época, apenas 54% dos ocupados brasileiros recebiam salários. Já em 1980, dois em cada três trabalhadores recebiam salários e entre os assalariados, 70% tinham emprego formal.Entender os fatores que possibilitaram tais tra ...

    Ano de publicação 2008.

  • R$ 39,00

    O colapso do sistema financeiro não é a causa, mas sim a manifestação de um impasse na economia mundial. É desta forma, em oposição às linhas de interpretação hegemônicas, que István Mészáros analisa o atual período histórico em sua nova obra, A crise estrutural do capital. No livro, o filósofo desmonta uma série de ilusões associadas aos acontecimentos recentes e afirma que as raízes da crise, na verdade, encontram-se no atual estágio de desenvolvimento do capitalismo.Crise dos subprime, crise especulativa, crise bancária, crise financeira - os nomes são muitos para a imensa expansão da aventura especulativa, que a ...

    Ano de publicação 2009.

  • Para além do capital rumo a uma teoria da transição
    R$ 149,00

    Obra de maior envergadura do filósofo húngaro István Mészáros, Para além do capital, fruto de duas décadas de trabalho intenso, é uma das mais aguçadas reflexões críticas sobre o capital em suas formas, engrenagens e mecanismos de funcionamento. Influenciada por Marx, Lukács e Rosa Luxemburgo, a obra de Mészáros é o desenho crítico e analítico mais ousado contra o capital e suas formas de controle social.Enquanto elaborava sua última obra, Ontologia do ser social, Lukács disse que gostaria de retomar o projeto de Marx e escrever O Capital de nossos dias, promovendo uma atualização da obra de Marx. Coube a Mészáros contrib ...

    Ano de publicação 2002.

  • R$ 45,00

    Ao longo do último século, modificações impressionantes ocorreram. Em ritmo vertiginoso, os computadores transformaram as condições de trabalho de um número crescente de pessoas. A 'indústria cultural' ganhou influência por meio da manipulação do entretenimento. Com todas essas mudanças, o pensamento marxiano vem sendo submetido a uma severa revisão. Os que usam as ideias do mestre, ou simpatizam com elas, manifestam certa perplexidade. O marxismo morreu? Se ainda está vivo, onde se acham seus principais centros de elaboração teórica?Leandro Konder se debruça sobre essa questão buscando um enfoque novo. Marx se tornou uma celebridade por suas ...

    Ano de publicação 2010.

  • A máquina automotiva em suas partes um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças
    R$ 49,00

    A emergente gestão do uso e da remuneração da força de trabalho em plena reestruturação capitalista, um tema crucial na incômoda questão do trabalho, é o ponto de partida para o professor Geraldo Augusto Pinto identificar em seu novo livro, A máquina automotiva em suas partes: um estudo das estratégias do capital na indústria de autopeças, o que representam os avanços da gestão flexível do trabalho numa economia periférica e dependente como a brasileira.Defendido como tese de doutorado no IFCH/Unicamp, com bolsa da Fapesp, o livro apresenta um estudo detalhado sobre os resultados do processo de reestruturação produtiva, inspirado por elementos do toy ...

    Ano de publicação 2011.

  • Os sentidos do trabalho ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho
    R$ 68,00

    Em Os sentidos do trabalho, Ricardo Antunes demonstra que a sociedade do trabalho abstrato possibilitou, por meio da constituição de uma massa de trabalhadores expulsos do processo produtivo, a aparência da sociedade fundada no descentramento da categoria trabalho e na perda de centralidade do ato laborativo no mundo contemporâneo. O autor também alerta, porém, para o fato de que o entendimento das mutações em curso no mundo operário nos obriga a ir além das aparências. Ao fazer isso, lembra que o sentido dado ao trabalho pelo capital é completamente diverso do sentido atribuído pela humanidade. ...

    Ano de publicação 1999.

  • R$ 72,00

    Em homenagem à trajetória intelectual de um dos maiores pensadores marxistas da atualidade, a Boitempo publica István Mészáros e os desafios do tempo histórico, coletânea de ensaios de renomados intelectuais do Brasil e do exterior sobre os escritos fundamentais do filósofo húngaro. O livro traz as reflexões que resultaram da última visita de István Mészáros ao país, em 2009, quando foi tema do III Seminário Internacional Margem Esquerda e palestrou em universidades de oito cidades brasileiras, com público estimado de 4 mil pessoas. Figuram na lista 22 articulistas convidados a revelar o arcabouço intelectual mészáriano, de militância e ...

    Ano de publicação 2011.

  • R$ 47,00

    Depois de dedicar duas décadas de estudo à compreensão do mundo operário no Brasil e outras duas ao que ocorre com os trabalhadores nos países capitalistas do Norte, o professor de sociologia da Universidade Estadual de Campinas, Ricardo Antunes, decidiu que chegara o momento de focar sua pesquisa no continente do labor, a América Latina. 'Era hora de procurar compreender o que se passa neste continente que nasceu para servir e trabalhar, mas que sabe também conjugar felicidade com rebelião, sofrimento com liberação, espoliação com revolução', afirma o professor.Em seu novo livro, O continente do labor, o sociólogo oferece um olhar latino-americano diante dos dilemas d ...

    Ano de publicação 2011.

  • R$ 91,00

    Este segundo volume de Riqueza e miséria do trabalho no Brasil apresenta um panorama amplo e multifacetado da nova morfologia do trabalho, analisando as distintas terceirizações, as múltiplas precarizações e os vários modos de ser da informalidade que despontam no país, acentuados a partir dos anos 1990, quando se redesenhou a Divisão Internacional do Trabalho. O livro traz estudos aprofundados de vários ramos ou setores econômicos, como petroquímico, metalúrgico, aeronáutico, hoteleiro, educacional e fumageiro, que, em conjunto, permitem uma melhor compreensão da organização do trabalho no Brasil. Também são apresentadas análises sobre as ten ...

    Ano de publicação 2013.

  • O Capital [Livro 2] crítica da economia política. O processo de circulação do capital
    R$ 119,00

    Clássico originalmente publicado em 1885 na Alemanha, o volume é peça imprescindível para a compreensão plena do Livro I d'O capital e trata de forma abrangente do processo de circulação do capital, desde o consumo até a distribuição. Um dos pontos importantes examinados por Marx é a relação entre o tempo de produção e o tempo de circulação para a realização plena do mais-valor já criado. A edição ganha no Brasil textos adicionais inéditos selecionados por Rubens Enderle, especialista na obra de Marx e também responsável pela tradução da obra diretamente do alemão.A ediç&atild ...

    Ano de publicação 2014.

  • Curso livre Marx-Engels a criação destruidora
    R$ 20,00

    Em oito aulas temáticas, o guia de introdução Curso livre Marx-Engels atravessa as principais obras do marxismo, do Manifesto Comunista ao Capital, apresentando os fundamentos do pensamento de Marx e Engels e esclarecendo a origem de conceitos-chave como 'fetichismo da mercadoria', 'luta de classes', 'proletariado', 'alienação', 'ideologia', 'crítica da economia política', 'materialismo histórico', 'ditadura do proletariado', entre outros.Coordenada por José Paulo Netto, a obra conta com textos revisados e atualizados de alguns dos maiores pesquisadores do marxismo do Brasil: Alysson Leandro Mascaro, Antonio Rago Filho, Jorge Grespan, Mario Duayer, Osvald ...

    Ano de publicação 2015.

  • R$ 76,00

    Quando A teoria da alienação em Marx foi publicado pela primeira vez, em 1970, seu autor, o filósofo húngaro István Mészáros, já enfatizava a necessidade de se pensar sobre os efeitos nocivos da globalização capitalista. Passados mais de 35 anos, o livro, agora relançado pela Boitempo em nova tradução, mantém sua atualidade ao mostrar que a crença nesse sistema como solução para nossos problemas socioeconômicos é mais um sinal de seu caráter alienante: 'a verdade incômoda' - argumenta Mészáros - é que a crise estrutural do sistema do capital 'se aprofunda com o passar do tempo, acarretando destrutividade ...

    Ano de publicação 2016.

  • Margem Esquerda 31 Dossiê: crise brasileira
    R$ 35,00

    Em meio a uma das mais graves crises da jovem democracia brasileira e às vésperas de uma eleição presidencial conturbada, o dossiê desta edição, organizado pelo sociólogo Antônio Carlos Mazzeo e pelo historiador Luiz Bernardo Pericás, traz uma análise do atual momento histórico nacional, sumariando questões candentes que compõem os elementos complexos de uma crise social de profunda intensidade. Em texto de sua autoria, Mazzeo apresenta as origens histórico-ontológicas da autocracia burguesa brasileira, que constituem a base material e política do Estado e do atual momento histórico nacional. O sociólogo Giovanni Alves expõe as condi&ccedi ...

    Ano de publicação 2018.

  • A classe trabalhadora De Marx ao nosso tempo
    R$ 45,00

    Em A classe trabalhadora: de Marx ao nosso tempo, o historiador Marcelo Badaró contribui de forma decisiva para os estudos do trabalho ao combinar uma síntese da elaboração de Marx e Engels sobre a classe trabalhadora com o debate sobre o perfil atual do proletariado no Brasil e no mundo. Embasado em análises sociológicas e historiográficas sobre a formação, a composição e o papel da classe como sujeito histórico-social, o autor recupera o conceito de classe trabalhadora e mostra suas origens e seus movimentos, apresentando também um panorama de algumas de suas principais tendências hoje.A obra se inicia pela síntese das principais contribuições de Marx e Engels ( ...

    Ano de publicação 2019.

  • R$ 95,00

    Riqueza e miséria do trabalho no Brasil v. IV, coletânea organizada pelo sociólogo e professor da Unicamp Ricardo Antunes, explora os novos desenhos das relações de trabalho. Os artigos aqui reunidos, escritos por intelectuais como Ricardo Festi e Luci Praun, indagam-se sobre os rumos da nova morfologia do trabalho com as significativas transformações laborativas que caracterizam o capitalismo na era informacional-digital.Na primeira parte, o principal elemento tematizado é o trabalhador digital (infoproletariado ou ciberproletariado), levando em conta a expropriação do tempo de trabalho e de vida por empresas globais e a explosão do trabalho intermitente (zero-hour contract). Já na segunda parte, ...

    Ano de publicação 2019.

  • O privilégio da servidão O novo proletariado de serviços na era digital
    R$ 83,00

    A nova edição de O privilégio da servidão, do sociólogo e professor Ricardo Antunes, apresenta um retrato detalhado e atualizado da classe trabalhadora hoje, com as principais tendências das novas relações trabalhistas, em que precarizações, terceirizações e desregulamentações tornaram-se parte da regra, e não da exceção. O estudo apresenta uma análise minuciosa das mudanças nas relações de trabalho durante a história recente do país, desde a redemocratização até os primeiros meses de Jair Bolsonaro no poder – passando pelo impeachment de Dilma Rousseff e pelo governo de Michel Temer. O eixo cent ...

    Ano de publicação 2020.

  • R$ 73,00

    Organizada por Ricardo Antunes, professor da Unicamp e sociólogo do trabalho, a obra é uma coletânea de artigos que desbrava os temas do trabalho digital, da uberização e plataformização do trabalho e do fenômeno da Indústria 4.0 e suas consequências para o universo laborativo e para a vida dos trabalhadores e trabalhadoras. O livro traz dezenove artigos de importantes pesquisadores e pesquisadoras, brasileiros e estrangeiros, que investigam, em diferentes setores, os impactos sociais decorrentes da expansão do universo maquínico-informacional-digital.  A uberização, conceito abordado, definido e expandido na obra, é um processo de individualização e invis ...

    Ano de publicação 2020.

  • R$ 35,00

    Você conhece o Armas da crítica?  Confira  aqui  mais informações sobre o clube do livro da Boitempo e acesse  aqui  o guia de leitura de Marx: uma intodução, livro 6 do clube. __________________________________________   Jorge Grespan é conhecido entre os estudiosos brasileiros de Marx por obras densas, com abordagens detalhadas e de imenso rigor. Neste livro, de caráter didático e introdutório, o autor não só expõe em prosa ágil o núcleo da crítica de Marx à sociedade capitalista, mas também enfatiza a atualidade de seus conceitos para a compreensão das transforma&cce ...

    Ano de publicação 2021.

  • R$ 55,20

    Neste livro, o sociólogo Iuri Tonelo acompanha os desdobramentos e as rupturas do capital, a partir da crise econômica de 2008, que levaram a uma nova fase do capitalismo pós-2016. A obra não se limita, porém, ao terreno da análise econômica e busca desvendar as relações entre política, economia e luta de classes estabelecidas na última década, desde a crise que acertou o coração do sistema financeiro. Em uma análise que entrelaça aspectos econômicos e políticos, disputas geopolíticas e distintas formas de conflito entre o capital e o trabalho, bem como a dimensão cultural nas mais variadas formas de sentir e pensar, o autor desvela ao leitor ...

    Ano de publicação 2021.

  • Sub-humanos o capitalismo e a metamorfose da escravidão
    R$ 57,00

    Escravidão, servidão e outras formas de trabalho compulsório são parte da história de sociedades antigas e pré-modernas. Mas como explicar a permanência desse tipo de opressão e violência na contemporaneidade? Nesta obra, o procurador do trabalho Tiago Cavalcanti faz uma impactante reflexão sobre as várias faces da exploração do trabalho em diferentes conformações sociais, com destaque para a sociedade capitalista atual. Indo além da análise jurídica, o livro propõe um olhar crítico à trajetória histórica do trabalho humano e busca alternativas que possibilitem uma vida digna e realmente livre para todos.   Na pr ...

    Ano de publicação 2021.

  • Para além do Leviatã Crítica do Estado
    R$ 83,00

    Ao falecer, em 2017, o filósofo húngaro István Mészáros deixou inacabada a “obra de sua vida”: uma crítica radical do Estado. O ambicioso projeto, pensado inicialmente para uma publicação em três volumes, teve apenas o primeiro parcialmente concluído e sua primeira edição mundial sairá em português, pela Boitempo, conforme desejo expresso pelo autor em vida. Assim, neste Para além do Leviatã, organizado pelo sociólogo estadunidense John Bellamy Foster, Mészáros apresenta a sua teoria do Estado de inspiração marxiana, insistindo na necessidade do “fenecimento do Estado” como condição de sobrevivê ...

    Ano de publicação 2021.

  • R$ 117,00

    Ao falecer, em 2017, o filósofo húngaro István Mészáros deixou inacabada a “obra de sua vida”: uma crítica radical do Estado. O ambicioso projeto, pensado inicialmente para uma publicação em três volumes, teve apenas o primeiro parcialmente concluído e sua primeira edição mundial sairá em português, pela Boitempo, conforme desejo expresso pelo autor em vida. Assim, neste Para além do Leviatã, organizado pelo sociólogo estadunidense John Bellamy Foster, Mészáros apresenta a sua teoria do Estado de inspiração marxiana, insistindo na necessidade do “fenecimento do Estado” como condição de sobrevivê ...

    Ano de publicação 2021.

  • R$ 35,00

    Os textos reunidos nesta coletânea foram elaborados a partir das falas revisadas dos autores no Curso Livre Marx-Engels: 200 anos de Engels. Os trabalhos aqui impressos refletem, em registros diversos, sobre a importância e a contribuição do autor para a crítica social.   Múltiplas temáticas – como elementos biográficos, a constituição do proletariado enquanto categoria prática e teórica, a crítica do Estado, do direito e da família, estudos antropológicos e o peso de Engels na fundação do marxismo – foram abordadas por especialistas de diversas áreas do conhecimento.   Orientadas por uma perspectiva engajada, as falas procu ...

    Ano de publicação 2021.

  • “É tudo novo”, de novo as narrativas sobre grandes mudanças no mundo do trabalho como ferramenta do capital
    R$ 59,00

    Desde o fim do século XX, o sistema capitalista tem reiterado incessantemente o discurso sobre a necessidade de “adaptações” e “mudanças” nas relações de trabalho. Em “É tudo novo”, de novo, o professor de economia Vitor Filgueiras analisa essa narrativa das “grandes transformações”, tão repetida no capitalismo contemporâneo, apresentando seus argumentos e suas contradições, de modo a desnudar seus verdadeiros objetivos: a legitimação da destruição de direitos trabalhistas e o aprofundamento da assimetria entre capital e trabalho.   Os argumentos empresariais em torno da inovação defendem que o p ...

    Ano de publicação 2021.

  • O solo movediço da globalização trabalho e extração mineral na Vale S.A
    R$ 65,00

    De Mariana a Brumadinho, os últimos anos foram marcados por “acidentes” ambientais promovidos pela mineradora Vale S.A. O solo movediço da globalização, do sociólogo Thiago Aguiar, é resultado de uma ampla pesquisa sociológica, econômica e etnográfica, conduzida em dois países com forte presença da gigante mineradora, Brasil e Canadá. O autor foi a campo e conversou com trabalhadores, dirigentes sindicais, gestores e ex-gestores da empresa para mostrar as mudanças nas relações de trabalho ao longo dos anos, a reestruturação das operações da Vale no Canadá, após a compra da Inco em 2006, que levou à maior greve no seto ...

    Ano de publicação 2022.

  • R$ 47,00

    Você conhece o Armas da crítica?  Confira  aqui  mais informações sobre o clube do livro da Boitempo e acesse  aqui  o guia de leitura de Capitalismo pandêmico, livro 19 do clube. __________________________________________   De que forma a pandemia agravou as já abissais desigualdades sociais no Brasil, na América Latina e no mundo? Como o capital se comporta diante de uma crise sanitária dessa magnitude? É possível afirmar que a brutal expansão da covid-19 tem preferência de classe, gênero, raça e etnia? Nesta obra, o professor de sociologia do trabalho Ricardo Antunes apresenta diversos textos escrit ...

    Ano de publicação 2022.

  • Crítica à razão informal a imaterialidade do salariado
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Este livro é um esforço reflexivo qualificado sobre o significado da informalidade do trabalho. Ao apreender as engrenagens e os mecanismos que articulam o 'setor informal' com o 'formal' o autor recusa as limitadas análises dualistas. Mostrando que o aumento explosivo da informalidade é parte integrante e ao mesmo tempo conflituosa do mundo do capital. Crítica à razão informal oferece-nos uma consistente contribuição teórica sobre o fenômeno da informalidade do trabalho. Expressão avançada das formas contemporâneas dessa irracionalidade. ...

    Ano de publicação 2001.

  • A câmara escura Alienação e estranhamento em Marx
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Entäusserung e Entfremdung são frequentemente traduzidos como alienação, designando algo negativo e entorpecedor das relações humanas. Mas a noção que Marx tem de alienação (Entäusserung) pode ser distinta da de estranhamento (Entfremdung). Alienação está voltada à atividade, às objetivações que, na história, constituíram o ser racional da humanidade. Estranhamento, ao contrário, articula-se a partir da sedimentação dos obstáculos que impedem que o ser social se realize. No momento em que a produção é apropriada por um segmento diferente daquele encarregado da produção, tem-se o estra ...

    Ano de publicação 2001.

  • Além da fábrica trabalhadores, sindicatos e a nova questão social
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A questão social retornou ao centro das preocupações, tanto das sociedades contemporâneas em geral como dos trabalhadores em particular, figurando fortemente no ideário sindical. Os fenômenos sociais que temos presenciado nos obrigam a pensar novas categorias explicativas, o que inclui, portanto, discutir uma nova questão social. O trabalho, um dos eixos centrais de vertebração da ordem social moderna, ficou enfraquecido com a chamada crise do trabalho e a sociedade sofreu as consequências, por meio de problemas sociais diferenciados, no que já vem sendo designado de a nova era das desigualdades, marcada, entre outras, pela perda de institutos de proteção social, pelo crescimento da pobreza gl ...

    Ano de publicação 2003.

  • O caracol e sua concha ensaios sobre a nova morfologia do trabalho
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    O caracol e sua concha retoma, de forma polêmica e combativa, a teoria de Ricardo Antunes, um dos mais destacados sociólogos marxistas da atualidade, sobre a centralidade da categoria 'trabalho'.A tese central apresentada no livro afirma que o progresso científico-tecnológico no capitalismo contemporâneo não resulta, como expõe a corrente eurocêntrica, no fim da teoria do valor trabalho. O núcleo teórico de sua argumentação é inspirado em Marx e em sua ideia de que o saber rigoroso e o conhecimento técnico-científico desempenham papel fundamental na transformação da produção.Ricardo Antunes empreende um estudo sobre a alteração pr ...

    Ano de publicação 2005.

  • Shopping Center a catedral das mercadorias
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Templo' do consumo, símbolo de 'progresso', o shopping center, mais que um espaço para compras, tem se tornado um local de lazer e uma miragem, um desejo de participar de um mundo de sonhos vendidos pela publicidade. Local que exclui dele aqueles que não podem consumir - ampla maioria em um país como o Brasil - e que também exclui, na sua lógica privada, a cidadania, o espaço público, a cidade e sua história.O shopping não é apenas uma construção física, mas também uma prisão social ainda pouco estudada de forma crítica pela sociologia e pelo urbanismo. Shopping center, de Valquíria Padilha, novo lançamento da coleção Mundo ...

    Ano de publicação 2006.

  • 1
  • /
  • 2