• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • Assinatura Anual Revista Margem Esquerda
    R$ 60,00 R$ 54,00 10% de desconto
    "ATENÇÃO: "A PRÓXIMA REVISTA A SER ENVIADA É DE NÚMERO 31" Após décadas de hegemonia do neoliberalismo e do pensamento único, o marxismo ressurge como o único horizonte teórico capaz de explicar as contradições do modo de produção capitalista e suas formas de reprodução, bem como apontar caminhos para a sua necessária superação. Em seus treze anos de intensa atividade, a Margem Esquerda vem contribuindo incisivamente na difusão da teoria marxista, consolidando-se como um importante espaço de debate teórico e político da esquerda brasileira. Confira aba...
  • Assinatura bianual Margem Esquerda
    R$ 120,00 R$ 102,00 15% de desconto
    ATENÇÃO: "A PRÓXIMA REVISTA A SER ENVIADA É DE NÚMERO 31" Após décadas de hegemonia do neoliberalismo e do pensamento único, o marxismo ressurge como o único horizonte teórico capaz de explicar as contradições do modo de produção capitalista e suas formas de reprodução, bem como apontar caminhos para a sua necessária superação. Em seus treze anos de intensa atividade, a Margem Esquerda vem contribuindo incisivamente na difusão da teoria marxista, consolidando-se como um importante espaço de debate teórico e político da esquerda brasileira. Confira abaixo o ...
  • O socialismo jurídico
    O socialismo jurídico Friedrich Engels e Karl Kautsky
    R$ 26,00
    O objetivo de “O socialismo jurídico” era dar uma resposta aos ataques à teoria econômica de Karl Marx, assim como elaborar uma crítica ao reformismo jurídico e combater a sua influência no movimento operário. ...
  • Claun
    Claun Felipe Bragança
    R$ 64,00
    No início do século XX, quando o Carnaval era uma festa para poucos e o Rio de Janeiro passava por grandes transformações, grupos de mascarados se reuniam pelos becos da cidade e enfrentavam a ordem pública e a repressão. Diziam ter o corpo fechado, falar com espíritos e ter poderes sobre-humanos. Eram chamados de “clóvis” ou “bate-bolas”. ...