• Ricardo Antunes
    Ricardo Antunes autor

    Ricardo Antunes é um dos principais nomes da Sociologia do Trabalho no Brasil. Professor titular de Sociologia no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (IFCH/Unicamp), Antunes é coordenador da coleção 'Mundo do trabalho', da Boitempo.

  • 2
  • /
  • 2
triangulo
  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A desmedida do capital, de Danièle Linhart, é uma coletânea de textos escritos em diferentes períodos e tendo a França como referência, que procura esclarecer qual o processo produtivo que caracteriza o mundo atual. O livro desconstrói as engrenagens da dominação do capital em seu espaço produtivo e revela os elementos constitutivos da desmedida empresarial que pauta o trabalho nas empresas de hoje. Danièle Linhart realiza um estudo empírico e teórico da lógica produtiva na França, onde há uma tradição de resistência dos trabalhadores. A partir de referências como o período do Welfare State no imediato pós-guerra, as revoltas de 196 ...

    Ano de publicação 2007.

  • A perda da razão social do trabalho terceirização e precarização
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A perda da razão social do trabalho: terceirização e precarização reúne ensaios de doze autores, organizados pelas pesquisadoras Graça Druck e Tânia Franco que há mais de duas décadas se dedicam a estudar as múltiplas conexões entre saúde e trabalho, além da repercussão das políticas de flexibilização das empresas sobre a situação do emprego e a atividade dos trabalhadores.São três os tipos de escrito: em primeiro lugar, o livro traz reflexões teóricas sobre as transformações do trabalho, sua nova 'morfologia' e a 'nova conformação da classe trabalhadora', de acordo com exp ...

    Ano de publicação 2007.

  • Mais trabalho! a intensificação do labor na sociedade contemporânea
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A quem serve o aumento da carga de trabalho no mundo contemporâneo? Quem se beneficia com a intensificação da produtividade e do ritmo dos trabalhadores? Com certeza não são os próprios, que sofrem com os efeitos da dinâmica capitalista de elevar qualitativa e quantitativamente a produção a qualquer custo.A partir dessa constatação, a obra Mais trabalho!, de Sadi Dal Rosso, analisa situações cruciais para a expansão do capitalismo no início do século XXI. Com argumentos consistentes e investigação rigorosa, Sadi desafia aqueles que acreditam no fim da centralidade do trabalho e no surgimento de uma nova sociedade sem trabalhadores.O foco de sua pesquisa &eac ...

    Ano de publicação 2008.

  • Infoproletários degradação real do trabalho virtual
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Infoproletários evidencia a associação oculta entre o uso de novas tecnologias e a imposição de condições de trabalho do século XIX em um dos setores considerados como mais dinâmicos da economia moderna, o informacional. Ao contrário do que é prometido pelos entusiastas deste novo segmento, os trabalhadores vivenciam uma tendência crescente de alienação do trabalho em escala global. A obra reúne uma série de ensaios que esquadrinham diferentes aspectos da rotina e do modo de vida daqueles que, apesar de frequentemente arruinarem suas vozes ao transformá-las em poderosos instrumentos de acumulação de capital, raramente são ouvidos.A classe traba ...

    Ano de publicação 2009.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Ao longo do último século, modificações impressionantes ocorreram. Em ritmo vertiginoso, os computadores transformaram as condições de trabalho de um número crescente de pessoas. A 'indústria cultural' ganhou influência por meio da manipulação do entretenimento. Com todas essas mudanças, o pensamento marxiano vem sendo submetido a uma severa revisão. Os que usam as ideias do mestre, ou simpatizam com elas, manifestam certa perplexidade. O marxismo morreu? Se ainda está vivo, onde se acham seus principais centros de elaboração teórica?Leandro Konder se debruça sobre essa questão buscando um enfoque novo. Marx se tornou uma celebridade por suas ...

    Ano de publicação 2010.

  • Margem Esquerda 16 Dossiê: Hegemonia norte-americana: Estado e perspectivas
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A nova edição da revista Margem Esquerda traz uma profunda análise, fruto de diferentes olhares dos principais pensadores marxistas brasileiros e internacionais, sobre os efeitos da crise de 2008-2009 que, ao contrário do que bradam políticos e empresários, não acabou nos Estados Unidos e em vários outros países e evidencia um processo sistêmico de rearranjo do capitalismo global. O entrevistado deste número é David Harvey, geógrafo inglês que investiga as dinâmicas geográficas da acumulação capitalista. Seu livro O enigma do capital, a ser lançado pela Boitempo, tornou-se referência aos interessados em entender a crise global sob a perspectiva ...

    Ano de publicação 2011.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Este livro discute algumas hipóteses teóricas cruciais no debate da sociologia contemporânea, como a globalização da cultura, a centralidade do trabalho, os novos movimentos sociais, a cidadania. Tenta direcionar a análise sociológica para o legado da racionalidade moderna, onde a vida cotidiana, a reflexão, a ciência e a técnica se confundem a ponto de se duvidar da herança iluminista tão difundida nos meios intelectuais.Os dez ensaios aqui reunidos partilham a aventura de construir um espaço de reflexão que leve a pensar novas formas de conhecimento e ação que abram caminho para possíveis alternativas cognitivas, políticas e subjetivas neste final de mil&e ...

    Ano de publicação 1997.

  • Da grande noite à alternativa o movimento operário europeu em crise
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Um mundo operário em plena mutação, sob o efeito da introdução de novas tecnologias e do aumento do desemprego e da instabilidade. Organizações sindicais cujo poder se reduz à medida que se revela sua incapacidade de se opor a essas orientações. Partidos socialistas tornando-se exaltadores do neoliberalismo, incapazes de propor uma saída para a crise do capitalismo. Partidos comunistas dissipados sob os escombros de um 'socialismo realmente existente' que acabou ratificando sua própria inexistência.Um quadro revelador do declínio do movimento operário na Europa e em todo o mundo. Alain Bihr dá a esse debate contornos claros e rigorosos, harmonizando uma vontade m ...

    Ano de publicação 1998.

  • Neoliberalismo, trabalho e sindicatos reestruturação produtiva no Brasil e na Inglaterra
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Neoliberalismo, trabalho e sindicatos: reestruturação produtiva no Brasil e na Inglaterra retrata as metamorfoses da reestruturação produtiva e das transformações neoliberais que vêm afetando a classe trabalhadora tanto no Reino Unido quanto no Brasil. Aqui, cinco dos maiores especialistas denunciam a lógica destrutiva que vigora no mundo contemporâneo e combatem as formas "modernas" de precarização e aviltamento do ser que trabalha. Textos de Huw Beynon, John McIlroy, José Ricardo Ramalho e outros. ...

    Ano de publicação 1997.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Um dos mais originais pensadores marxistas do século XX, Georg Lukács (1885-1971) produziu uma obra vigorosa, sobre temas que vão de estética e literatura a política e filosofia. Nos 25 anos de sua morte, um grupo de importantes intelectuais brasileiros reúne neste livro análises fecundas sobre a produção teórica do filósofo húngaro. Os escritos contidos em Lukács, um Galileu no século XX atestam a contemporaneidade da reflexão lukacsiana e nos fazem pensar por que Lukács, homem inserido nos embates políticos de sua época, pode ser considerado um autêntico Galileu moderno. ...

    Ano de publicação 1996.

  • Margem Esquerda 23 Dossiê: Brasil, que desenvolvimento?
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Brasil, crescimento ou estagnação? Desenvolvimento ou desindustrialização? Em ano de eleições, polarizadas como poucas vezes se viu, a edição 23 da revista Margem Esquerda se propõe a discutir o presente e o futuro de nosso país. “Onda conservadora” de um lado – representada pela figura do tucano Aécio Neves – e a resistência democrática de outro, formada em torno da petista Dilma Rousseff, colocam em pauta diferentes projetos ou distintas nuances para o Brasil. Quais as causas e quais as extensões das turbulências que acometem a economia nos dias que correm? O dossiê “Brasil, que desenvolvimento?”, centrado no principal embate te&oac ...

    Ano de publicação 2014.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Obra de síntese, Para uma ontologia do ser social é a mais complexa sistematização filosófica de seu tempo. Considerada o ápice intelectual do filósofo húngaro György Lukács, um dos maiores expoentes do pensamento humanista do século XX, a Ontologia (como se tornou conhecida), concebida no curso dos anos 1960, significa o salto da ontologia intuída à ontologia filosoficamente fundamentada nas categorias mais essenciais que regem a vida do ser social, bem como nas estruturas da vida cotidiana dos homens.O segundo volume de um dos projetos editoriais centrais da Boitempo, acalentado por mais de uma década, finalmente chega às livrarias brasileiras, com prefácio de Guido Old ...

    Ano de publicação 2013.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    O terceiro volume de Riqueza e miséria do trabalho no Brasil, projeto do sociólogo e professor da Unicamp Ricardo Antunes, explora o laboratório capitalista em países nórdicos e no Brasil, aprofundando o objetivo da série de traçar um panorama do momento atual e do futuro do trabalho e do sindicalismo no Brasil. Dando continuidade ao projeto iniciado com a publicação dos volumes I e II desta série, também pela Boitempo, os autores investigam em profundidade os caminhos do mundo do trabalho contemporâneo, suas metamorfoses e transformações, com o olhar voltado especialmente para o caso brasileiro, mas também para o espaço produtivo e as formas diferenciadas de produ&ccedi ...

    Ano de publicação 2014.

  • O Capital [Livro 2] crítica da economia política. O processo de circulação do capital
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Clássico originalmente publicado em 1885 na Alemanha, o volume é peça imprescindível para a compreensão plena do Livro I, e trata de forma abrangente do processo de circulação do capital, desde o consumo até a distribuição. Um dos pontos importantes examinados por Marx é a relação entre o tempo de produção e o tempo de circulação para a realização plena do mais-valor já criado. A edição ganha no Brasil textos adicionais inéditos selecionados por Rubens Enderle, especialista na obra de Marx e também responsável pela tradução da obra diretamente do alemão. A edição da Boitemp ...

    Ano de publicação 2014.

  • O ardil da flexibilidade os trabalhadores e a teoria do valor
    Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    Esse livro do sociólogo Sadi Dal Rosso aparece em um momento delicado da política econômica brasileira, no qual se desfecham ataques devastadores sobre o trabalho e a previdência social, e desempenha um papel crítico contra a destruição de condições de trabalho, construídas durante décadas de lutas sociais pelos trabalhadores.Ao iniciar pelos países ricos, passando pelos países de rendimentos médios e até mesmo países empobrecidos que organizam seus negócios por meio de empresas vinculadas ao processo de globalização, a flexibilidade ganha terreno nas mais diversas esferas da organização do trabalho, no emprego, na repartiçã ...

    Ano de publicação 2017.

  • Livro Indisponível Avise-me quando chegar

    A eclosão do coronavírus é consequência de uma simbiose letal entre a crise estrutural do capital, em curso há vários anos, à qual se somam uma avassaladora crise social e uma profunda crise política de consequências inimagináveis. Quando a prática tem sido a sistemática destruição da legislação social protetora do trabalho, por imposição de um capitalismo de predação e seu estado-gendarme em sua variante mais primitiva, o resultado que se colhe é a expansão exponencial de uma enorme massa trabalhadora desempregada, subempregada, na informalidade, na intermitência, precarizada e que só encontra "emprego" nos ...

  • 2
  • /
  • 2