• Minhas compras
  • Entrar

Materialismo e contingência

 Materialismo e contingência

Semanas atrás, as livrarias brasileiras receberam a primeira tradução em português de um livro que mereceria ser mais conhecido pelos que se interessam por Marx e pelo pensamento do século 19. Trata-se de sua tese de doutorado, Diferença entre a filosofia da natureza de Demócrito e a de Epicuro (Boitempo, 152 págs.).

 

A princípio, pode parecer que estamos diante de uma clássica tese de historiografia filosófica. No entanto, ela é uma chave importante para compreender o sentido de todo pensamento que se queira efetivamente materialista e transformador.

 

Vladimir Safatle |Folha de S.Paulo