• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

"Precariado" tende a se alastrar no Brasil como nunca antes, diz sociólogo

A emergência de novos tipos de relações de trabalho, em que limites de jornada são mais flexíveis e o rendimento, variável, é uma tendência "deletéria" para a população, avalia o sociólogo Ruy Braga, professor da Universidade de São Paulo.

 

Ele tem pesquisado o que chama de "precariado": uma parcela crescente dos trabalhadores que se engaja em relações de trabalho precarizadas, como empregos de alta rotatividade e instabilidade. A rebeldia do precariado (2017) e A política do precariado (2012) são algumas obras do sociólogo. Braga conversou com a Folha por telefone sobre as transformações pelas quais o mercado de trabalho passa e seus impactos sociais. 

 

Leia a matéria de Fernanda Perin para o Folha de S.Paulo