• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

  • 1
  • /
  • 2
triangulo
  • Meneghetti
    Meneghetti o gato dos telhados Mouzar Benedito
    R$ 36,00

    Na Pauliceia de meados do século XX, Gino Meneghetti era um artista: um artista na arte de roubar. Esta obra apresenta o perfil desse anti-herói italiano que ganhou notoriedade por seus roubos e fugas espetaculares.

    ...

    Ano de publicação 2010.

  • Crônicas da Mooca
    Crônicas da Mooca (com a benção de San Gennaro) Mino Carta
    R$ 35,00

    Mino Carta resgata a memória do tradicional bairro paulistano – região de passado industrial que recebeu imigrantes, principalmente italianos, e acumulou tradições. As fotografias de Hélio Campos Mello complementam o retrato de um dos bairros mais característicos da história paulistana.

    ...

    Ano de publicação 2009.

  • Caio Prado Júnior: o sentido da revolução
    R$ 42,00

    Longe de ser apenas uma biografia, o livro relaciona a vasta produção acadêmica de Caio Prado à trajetória dedicada à militância política.

    ...

    Ano de publicação 2008.

  • Meu velho Centro
    Meu velho Centro histórias do coração de São Paulo Heródoto Barbeiro
    R$ 42,00

    Em um livro delicioso, Heródoto Barbeiro conta a história do Centro de São Paulo misturada com casos e personagens da sua infância e juventude vivida no centro.

    ...

    Ano de publicação 2007.

  • A hora futurista que passou
    A hora futurista que passou e outros escritos Mário Guastini
    R$ 42,00

    Este livro recupera a obra de Mário Guastini, jornalista que foi opositor ferrenho do movimento modernista.

    ...

    Ano de publicação 2006.

  • Florestan
    Florestan a inteligência militante Haroldo Ceravolo Sereza
    R$ 42,00

    Com imagens inéditas, a obra narra a infância e a trajetória de Florestan – que, filho de mãe solteira e imigrante, viveu em cortiços e começou a trabalhar aos 6 anos – e como sua história se confunde com a história da USP.

    ...

    Ano de publicação 2005.

  • As bienais de São Paulo
    As bienais de São Paulo da era do Museu à era dos curadores (1951-2001) Francisco Alambert e Polyana Canhête
    R$ 49,00

    Recuperando a trajetória da mais importante mostra de artes plásticas do Brasil, Francisco Alambert e Polyana Canhête contam e analisam o papel da mostra na cultura e na integração do Brasil no circuito internacional de artes.

    ...

    Ano de publicação 2004.

  • João do Rio
    João do Rio um dândi na Cafelândia Nelson Schapochnik (org.)
    R$ 42,00

    Livro para entender a identidade de São Paulo, da cultura imigrante do trabalho ao culto aos bandeirantes, 'João do Rio: um dândi na Cafelândia' é essencial para comparar a cidade narrada por do Rio e o que esta imaginava estar construindo como seu futuro, e a cidade que existe hoje.

    ...

    Ano de publicação 2004.

  • Teatro de Arena
    Teatro de Arena Izaías Almada
    R$ 39,00

    Rompendo o fosso entre atores e espectadores, na arena do teatro da rua Teodoro Baima aprendia-se concretamente o que dizia Brecht sobre a relação entre arte e revolução, entre política e cultura, entre música e teatro.

    ...

    Ano de publicação 2004.

  • Portinari
    Portinari o pintor do Brasil Marilia Balbi
    R$ 42,00

    Portinari foi o primeiro pintor que revelou a saga dos trabalhadores do Brasil

    ...

    Ano de publicação 2003.

  • Carlito Maia
    Carlito Maia a irreverência equilibrista Erazê Martinho
    R$ 39,00

    Escrito por Erazê Martinho, amigo de velha data, parceiro de noitadas, campanhas políticas e publicitárias, percebe-se em todas as páginas a admiração do autor pelo personagem.

    ...

    Ano de publicação 2003.

  • Semana de 22
    Semana de 22 entre vaias e aplausos Marcia Camargos
    R$ 42,00

    Patuscada ou revolução estética? Oitenta anos depois da ruidosa manifestação de jovens intelectuais, realizada no histórico fevereiro de 1922, a questão permanece. Com um texto jornalístico leve e saboroso, a autora se propõe desmistificar a Semana de Arte Moderna, “sem, no entanto, negar sua feição de alegre desafio aos padrões vigentes, nem sua contribuição efetiva para as transformações que se processaram no campo das artes”.

    ...

    Ano de publicação 2002.

  • 1
  • /
  • 2