Product main image - 7e906875-4cd3-4b82-8378-bc4c4618c449
image_ad0c4211-6c84-45f0-be70-fea01f32e711
A boa
Autoria de Aimar Labaki
Peça de teatro provocativa que questiona valores morais e sociais. A ação gira em torno da impossibilidade de conciliação, trazendo à tona dilemas sobre ética, solidão e amor. Teatro da melhor qualidade, que envolve e emociona.

R$ 28,00

R$ 28,00 no PIX

Produto esgotado

Preencha os campos para ser avisado assim que o produto voltar ao estoque!


Calcule o frete e prazo de entrega

"A boa, de Aimar Labaki, é o texto da peça de teatro homônima, que estreou em Curitiba, no Teatro Novelas Curitibanas, em 22 de março de 1999, sob direção de Ivan Feijó. Aimar Labaki conta a história de uma jovem que encontra um ex-colega de faculdade vivendo na rua e insiste em levar o rapaz para a sua casa, com a intenção de ‘devolvê-lo à civilização’". Surpreendentemente, o resultado do que seria uma boa ação revela-se o fracasso da bondade.

Composta pelo diálogo entre os dois personagens, Ricardo e Verônica, o texto da peça propõe uma discussão instigante, que desperta inquietações no leitor, despertando mais perguntas do que respostas. Aimar Labaki é duro e radical, tornando mais eficaz a proposição das ideias. Os perfis dos personagens de A boa fogem do mero psicologismo. Tanto Ricardo quanto Verônica são verdadeiros seres "sociais". A discussão dos dois gira em torno dos valores morais de pessoas inseridas no contexto social que distorce tais valores. A cada cena construída, a cada nova situação criada, surgem as mesmas impossibilidades de conciliação e o mesmo jogo dialético de verdades e mentiras. Como o espectador da peça, o leitor ficará emocionado e envolvido com um teatro da melhor qualidade.
 

Autoria de

Autoria

Aimar Labaki

Autoria de Aimar Labaki
Texto de orelha de Walderez de Barros
Número de páginas: 72
Dimensões: 19 x 13 x 1 cm
Peso: 101,6 g
ISBN: 9788585934460
Encadernação: Brochura
Ano de publicação: 2000