• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

A potência plebeia

ação coletiva e identidades indígenas, operárias e populares na Bolívia

Alvaro Garcia Linera

R$ 56,00 Comprar

A potência plebeia
  • autor: Alvaro Garcia Linera
  • tradutor: Igor Ojeda
  • prefácio: Pablo Stefanoni
selo:
BOITEMPO EDITORIAL
páginas:
352
formato:
23cm x 16cm x 2cm
peso:
200 gr
ano de publicação:
2010
ISBN:
8575591533

Além de vice-presidente do Estado Plurinacional da Bolívia dirigido por Evo Morales, Álvaro García Linera é um dos mais destacados intelectuais de seu país e do continente. Com longa trajetória de militância e elaboração teórica, García Linera sempre primou pela busca de um marxismo adaptado à realidade concreta boliviana e sul-americana, conciliando o pensamento materialista dialético clássico com uma série de influências indígenas e de outras matrizes do pensamento social.

Coletânea de seis ensaios produzidos em diferentes épocas, A potência plebeia – ação coletiva e identidades indígenas, operárias e populares na Bolívia reúne pela primeira vez em português importantes momentos da produção intelectual de García Linera. Segundo o jornalista Pablo Stefanoni, autor do prefácio, a trajetória do agora vice-presidente o coloca no papel de “intérprete do complexo processo político e social iniciado em 22 de janeiro de 2006, após o primeiro indígena chegar à presidência desta nação andino-amazônica, onde 62% dos habitantes se autoidentificam como parte de um povo originário, em sua maioria quéchua e aimará”.

Atraído pela questão indígena por conta da guerrilha guatemalteca, García Linera jamais abandonou esse interesse nas diferentes fases de suas concepções políticas, buscando apoio no marxismo para melhor formular a proposição de um “governo-índio”. Ainda segundo Stefanoni, “dedicou centenas de páginas a esquadrinhar Marx, Engels e Lenin para encontrar respostas ao problema nacional – ou comunitário-camponês”. Esses estudos puderam ser amplamente desenvolvidos no período em que esteve preso, por conta de sua participação em movimentos guerrilheiros.

Diferentemente de outros processos políticos latino-americanos, na Bolívia a chegada ao poder de um setor popular ocorreu escorada em fortes mobilizações sociais, sustentada por um partido político que se apresenta apenas como instrumento desses movimentos sociais. Como expresso no próprio conceito de práxis política, Álvaro García Linera sempre refletiu sobre tais conjunturas ao mesmo tempo que militava dentro delas. Pouco antes de assumir a vice-presidência, declarou: “é muito bonito conseguir essa combinação: um nível de especificidade inacessível para o pesquisador externo e um nível de generalidade e visão global imprescindível para te orientar em termos mais sistêmicos. Para isso se dirige meu esforço”.

Trecho da obra

Apenas quando sai em rebelião a comunidade é capaz de invalidar, na prática, a fragmentação por meio da qual vem sendo condenada a se debilitar até hoje, reabilitando assim os parâmetros comunais da vida cotidiana como ponto de partida expansivo de uma nova ordem social autônoma. Isso significa que é nesses momentos que o mundo comunal-indígena deseja a si mesmo como origem e finalidade de todo poder, de toda identidade e todo porvir que lhe compete; seus atos são a enunciação tácita de uma ordem social que não reconhece nenhum tipo de autoridade alheia ou exterior à própria autodeterminação em marcha. Essa maneira protagônica de construir o porvir comum que reivindica, ao mesmo tempo, uma distinta figura social-natural da reprodução social (autodeterminação nacional-indígena) e transita pela refundação da existência em coalizão pactada com a plebe urbana (o nacional-popular) exige que indaguemos sobre as distintas formas da constituição nacional das sociedades. O moderno Estado nacional é, em relação a essas opções, apenas uma particularidade suplantadora e tirânica dessas energias.

Outros títulos do autor