• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

A transparência do tempo

Leonardo Padura

R$ 57,00 R$ 45,60 Comprar

Este livro estará disponível a partir da data 26/11/2018
A transparência do tempo
  • autor: Leonardo Padura
  • tradutor: Monica Stahel
  • orelha: Ricardo Lisias
título original:
La transparencia del tiempo
selo:
BOITEMPO EDITORIAL
idioma:
Português
páginas:
373
formato:
23cm x 16cm x 2cm
peso:
609 gr
encadernação:
Brochura

[ESTE LIVRO ENCONTRA-SE EM PRÉ-VENDA E ESTARA DISPONÍVEL A PARTIR DO DIA: 26/11 ]

 

O passado remoto e o presente imediato se entrelaçam neste novo romance do escritor cubano Leonardo Padura. Em A transparência do tempo acompanhamos o já conhecido detetive Mario Conde em seu oitavo caso, o desaparecimento de uma estátua de uma virgem negra.

Às vésperas de completar sessenta anos, cético em relação a seu país, Mario Conde assiste ao encolhimento da oferta de livros usados, cuja revenda vinha sendo seu ganha-pão dos últimos tempos. É então que um ex-colega de escola o procura e lhe oferece trabalho: recuperar a estátua de uma virgem negra que lhe fora roubada.

Com o desenrolar das buscas, Conde vai percebendo que a peça é muito mais valiosa do que imaginava, tendo suas origens nos Pireneus catalães, de onde fora trazida por um jovem em fuga da guerra civil. Paralelamente, em capítulos intercalados, o autor retraça a história desse jovem e as lendas que envolvem a escultura, tendo como pano de fundo a zona rural da Catalunha, desde a Idade Média até os dias de hoje. Ao buscar a imagem da santa negra pelas ruas de Havana, Conde vaga entre dois polos de um mesmo país: o submundo dos cortiços, do tráfico de drogas e da vida precarizada e o rico ambiente dos colecionadores e galeristas envolvidos em contrabando e venda ilegal de obras de arte. Permeando esses dois mundos, o catolicismo e a santería, sincretizados, e o passar infindável do tempo.