• Minhas compras
  • Entrar

Kapital!

quem ganhará a luta de classes?

Michel Pinçon e Monique Pinçon-Charlot

R$ 280,00 Em 4x de: R$ 70,00 Livro Indisponível Avise-me quando chegar

Kapital!
  • autor: Michel Pinçon e Monique Pinçon-Charlot
  • adaptação: Guilherme Temudo Cianfarani
  • tradução: Gabriel Voliche
  • edição: João Candido Maia
título original:
Kapital! Qui gagnera la lutte des classes
edição:
1
selo:
Boitempo
páginas:
14
formato:
21cm x 29cm x 6cm
peso:
1200 gr
ano de publicação:
2021
ISBN:
9786557171196

As editoras Autonomia Literária e Boitempo trazem ao Brasil o jogo de tabuleiro Kapital!: quem ganhará a luta de classes?. Lançado originalmente na França, em 2020, o jogo conta com um espectro variado de personagens dominados e dominantes. Os jogadores competem na tentativa de acumular o máximo de capital em todas as suas formas (financeiras, sociais, culturais e simbólicas) em um percurso repleto de reviravoltas e acontecimentos da conjuntura brasileira.
 
O objetivo deste jogo é ensinar e desconstruir, mostrar que as desigualdades sociais não são naturais, mas resultado de uma condução política realizada em favor dos mais ricos. De forma lúdica e divertida, o jogo faz com que os participantes vivenciem e compreendam as relações de classe, ao longo de um percurso de 76 casas (expectativa de vida no Brasil) que os conduzirá desde o nascimento até ao paraíso, seja fiscal ou não.
 
Em uma luta impiedosa, você terá a vontade e o desejo de mudar as coisas, mas para ter esperança de mudar o mundo, é preciso antes de mais nada compreendê-lo. Um jogo que mostra que a vida não tem pressupostos iguais para todos, para reunir a família e os amigos e discutir: “quem vencerá a luta de classes?”.

 

Cada caixa de Kapital! contém:
 
1 tabuleiro • 16 personagens • 100 cartas de ação • 400 notas de Kapital • 1 dado • 1 manual de regras do jogo
 
O objetivo do jogo?
 
O principal objetivo é acumular pontos. Chegar em primeiro lugar redunda em pontos a mais. Acumular mais capital de um determinado tipo (simbólico, por exemplo) também. E, claro, inverter as relações de classe!
Cada jogador desempenha uma função atribuída a ele no início do jogo. Existe apenas um dominante por partida, que joga para manter seu status social (e seu dinheiro). Os outros jogadores que atuam para derrubar as relações de classe são os dominados. Os jogadores se movem pelo tabuleiro rolando um dado. Para cada quadrado, puxam uma carta de ação correspondente à sua classe social (dominada ou dominante). Essas ações os fazem ganhar ou perder cartas de Kapital. Casas especiais no tabuleiro trazem surpresas e reviravoltas e podem embaralhar o resultado.