Product main image - d29238e2-1f28-4a49-9baf-5290ae924a9a
image_4b3bb42a-4ae5-41ba-9cb3-f6d71f1c7f42
O continente do labor
Autoria de Ricardo Antunes
Imersão na história do trabalho na América Latina, desafiando visões eurocêntricas e explorando as lutas populares, sindicalismo e desafios únicos no continente. Um retrato das batalhas e transformações que moldaram esta região diversificada e vibrante.
Disponível também em

R$ 47,00

R$ 47,00 no PIX

Produto esgotado

Preencha os campos para ser avisado assim que o produto voltar ao estoque!


Calcule o frete e prazo de entrega

Disponível também em
Depois de dedicar décadas de estudo à compreensão do mundo operário no Brasil e outras duas ao que ocorre com os trabalhadores nos países capitalistas do Norte, o professor de sociologia da Universidade Estadual de Campinas, Ricardo Antunes, decidiu que chegara o momento de focar sua pesquisa no continente do labor, a América Latina. "Era hora de procurar compreender o que se passa neste continente que nasceu para servir e trabalhar, mas que sabe também conjugar felicidade com rebelião, sofrimento com liberação, espoliação com revolução", afirma o professor.

Em seu livro, O continente do labor, o sociólogo oferece um olhar latino-americano diante dos dilemas do mundo do trabalho em três frentes principais: a primeira parte reúne textos escritos sobre a temática do trabalho, da dependência, das lutas populares e de outros desafios presentes em nosso continente; a segunda parte oferece um balanço sintético das lutas sociais e sindicais no Brasil do século XX e início do XXI. Já a terceira parte oferece um breve panorama descritivo do sindicalismo latino-americano por meio das suas principais centrais sindicais. "À luz da categoria trabalho, nesta obra são analisados os momentos mais importantes da história do continente, desde a época da conquista sangrenta de cinco séculos atrás até hoje", afirma Renán Vega Cantor, autor da orelha do livro.

 

Este livro é uma continuação da prolongada preocupação do autor em compreender as características do trabalho, em sua particularidade que articula análise teórica sustentada na melhor tradição marxista existente em várias partes do mundo, por meio do estudo sistemático da realidade concreta de nosso continente.



O texto inicial, que dá Título ao presente volume, foi escrito originalmente para a premiada enciclopédia Latinoamericana (Boitempo, 2006), neste caso adaptada ao formato de verbete. Agora, em O continente do labor, o leitor encontra a versão integral do texto, com seu sentido informativo conservado, procurando oferecer um panorama sobre o mundo do trabalho, suas principais lutas e embates na América Latina. "Partindo de uma perspectiva de pensamento teórico e crítico que nega totalmente a visão eurocentrista e unidimensional dominante, Ricardo Antunes analisa de frente os obstáculos, dilemas e perspectivas do mundo do trabalho e dos movimentos sociais e populares latino-americanos no contexto não só da relação tradicional Norte-Sul, mas Sul-Sul, para vislumbrar, de dentro, os processos históricos de emancipação que ocorrem em nuestra América na atualidade", conclui Adrian Sotelo Valencia, autor da quarta capa.

O livro conta ainda com reflexões e pesquisas recentes sobre o Brasil, país que, segundo Antunes, "teima em dar as costas para a América Latina, muitas vezes sem se dar conta de que é parte viva dela". O passado e o presente do sindicalismo, o Partido Comunista do Brasil (PCB) e o Partido dos Trabalhadores (PT), o significado de 1968 para a nossa história, a precarização do trabalho, o desemprego e o significado do governo Lula são apresentados em seis textos.
 
Autoria de Ricardo Antunes
Prefácio de Alberto L. Bialakowsky
Texto de orelha de Renan Vega Cantor
Texto de quarta capa de Adrián Sotelo Valencia
Número de páginas: 176
Dimensões: 23 x 16 x 1,5 cm
Peso: 248,2 g
ISBN: 9788575591789
Encadernação: Brochura
Ano de publicação: 2011