Product main image - 71e803ab-b0d2-4aa9-b4b3-64ff2218fa19
image_6166e134-9b0e-482c-bdb1-2ae9e2e70f91
O marxismo ocidental
Autoria de Domenico Losurdo
Parábola sobre o percurso do marxismo ocidental, desde sua gênese até as figuras contemporâneas, questionando sua viabilidade e o papel das lutas sociais. Um chamado à reflexão sobre a interdependência entre lutas anticoloniais e anticapitalistas.
Disponível também em

R$ 60,00

R$ 60,00 no PIX

Quantidade:


Calcule o frete e prazo de entrega

Disponível também em
Nascido no coração do Ocidente, o marxismo se disseminou, com a Revolução de Outubro, por todos os cantos do mundo, desenvolvendo-se de maneiras diferentes e contrastantes, de acordo com o contexto histórico, social e econômico. À diferença do oriental, o marxismo ocidental perdeu o vínculo com a revolução anticolonialista mundial - ponto de virada decisivo do século XX - e acabou sofrendo um colapso. Em seu novo livro, Domenico Losurdo conta a parábola do marxismo ocidental: seu nascimento, sua evolução e sua queda. Uma obra polêmica e combativa, que pode ser considerada uma espécie de acerto de contas com o percurso do marxismo ocidental, repassando toda a sua trajetória até suas figuras atuais, como Slavoj Žižek, David Harvey, Alain Badiou, Giorgio Agamben e Antonio Negri, sem deixar de visitar pensadores já clássicos como Theodor W. Adorno, Max Horkheimer, György Lukács, Herbert Marcuse, Louis Althusser, Ernst Bloch e Jean-Paul Sartre. Losurdo diagnostica a "morte" do marxismo ocidental, retraça sua gênese e coloca questões decisivas: seu renascimento seria possível nos dias atuais? Sob quais condições?
 
Autoria de Domenico Losurdo
Tradução de Ana Maria Chiarini e Diego Silveira Coelho Ferreira
Texto de orelha de João Quartim de Moraes
Texto de quarta capa de Corriere della e La Stampa Sera
Número de páginas: 232
Dimensões: 22,8 x 15,6 x 1,8 cm
Peso: 327,2 g
ISBN: 9788575596135
Encadernação: brochura
Ano de publicação: 2018

SubTítulo 296554

como nasceu, como morreu, como pode renascer