Product main image - 4cc41b9c-d31f-436a-a426-9a67634ca318
image_c63356ca-6b9e-4a34-bf19-50a351670fc6
Sete faces de Eduardo Coutinho
Análise reveladora que entrelaça a vida e a obra de um cineasta icônico, apresentando as múltiplas facetas deste inspirado criador. Das raízes teatrais ao cinema inovador, passa também pelas manias e obsessões, em um mergulho íntimo em sua história pessoal e cinematográfica.
Disponível também em

R$ 73,00

R$ 73,00 no PIX

Quantidade:


Calcule o frete e prazo de entrega

Disponível também em
Em Sete faces de Eduardo Coutinho o jornalista Carlos Alberto Mattos nos oferece uma análise crítica que entrelaça vida e obra do cineasta. Observando as transversalidades e as conexões no tempo da obra completa - empreitada inédita -, Mattos revela as diferentes faces do realizador. Coutinho aparece aqui como diretor de teatro e cinema, roteirista, ator, crítico e até autor de horóscopo.

Versão atualizada e ampliada de Eduardo Coutinho: o homem que caiu na real - lançado em Portugal em 2003 -, este livro é baseado na consulta aos principais colaboradores históricos, obras e textos mais importantes escritos sobre Coutinho, assim como ao acervo pessoal do cineasta, conservado no Centro de Criação de Imagem Popular (CECIP) e hoje aos cuidados do Instituto Moreira Salles (IMS). Para esta obra foram examinados seus cadernos de anotações manuscritas, brochuras de decupagem, projetos inconclusos e reelaborados, documentação de pesquisa de personagens, diários de filmagem, notas de montagem, correspondência etc. Muitos desses materiais ainda inéditos aos olhos do público.

Dessa imersão no universo de Eduardo Coutinho nasce uma visão panorâmica das circunstâncias que forjaram cada um de seus filmes, das escolhas e processos que os construíram, assim como dos saberes que foram sendo acrescentados à consciência do documentário brasileiro contemporâneo. Também vem à tona, pela primeira vez num livro, a abordagem das manias, das obsessões e dos traços de personalidade que influenciavam diretamente os métodos de trabalho e a preferência de Eduardo Coutinho pelo cinema de encontro.
 
Autoria de Carlos Alberto Mattos
Texto de orelha de Bia Lessa
Coedição de Instituto Moreira Salles e Itaú Cultural
Capa de Mika Matsuzake
Número de páginas: 352
Dimensões: 23 x 16 x 1 cm
Peso: 496,4 g
ISBN: 9788575597279
Encadernação: brochura
Ano de publicação: 2019