• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

A finança mundializada

raízes sociais e políticas, configuração, conseqüências

François Chesnais (org.)

R$ 52,00 Livro indisponível

A finança mundializada
  • organizador: François Chesnais (org.)
  • autor: Catherine Sauviat
    Claude Serfati
    Dominique Lévy
    Dominique Plihon
    Esther Jeffers
    François Chesnais
    Gérard Duménil
    Luc Mampaey
    Mamadou Camara
    Marianne Rubinstein
    Pierre Salama
    Suzanne de Brunhoff
  • tradutor: Paulo Nakatani
    Rosa Marques
  • prefácio: Luiz Gonzaga Belluzzo
selo:
BOITEMPO EDITORIAL
páginas:
256
formato:
23cm x 16cm x 2cm
peso:
400 gr
ano de publicação:
2005
ISBN:
9788575590690

A finança mundializada é uma coletânea de textos organizada por François Chesnais, que contribui para o avanço do debate sobre as finanças globais contemporâneas. Trata-se de uma colaboração importante para o entendimento das alterações ocorridas ao longo das três últimas décadas na estrutura e gestão de riqueza capitalista e na operação de mercados financeiros.

No livro, François Chesnais e mais 11 autores de diversas áreas da economia dissecam as relações entre mercado financeiro e a hegemonia (militar, política, no mercado de câmbio etc.) norte-americana. Além disso, analisam os riscos presentes na combinação de uma grande dependência externa da superpotência com uma doutrina de segurança agressiva de guerras “preventivas”.

A finança mundializada aborda questões como: as causas da instabilidade monetária internacional; a configuração das relações econômicas e financeiras internacionais associadas à hegemonia norte-americana; os fundos de pensão e fundos coletivos norte-americanos e o lugar ocupado pelas finanças nas transformações do sistema militar-industrial norte-americano.

Os ensaios explicam, de modo claro e abrangente, a face real da globalização neoliberal: uma intrincada rede de interesses construída pelos mercados financeiros internacionais, sob a necessidade voraz de reprodução do capital que gera ilusões de riqueza, desestrutura países e estimula guerras em nome do lucro.