Product main image - 6a54faab-e7d2-4beb-a497-b70cfc5aa8e2
image_18b707b0-0ed4-467c-b726-9bf2acbc4717
Apologia dos bárbaros
Autoria de Mike Davis
Análise do pós-11 de setembro, criticando políticas dos EUA. O autor desafia o discurso maniqueísta, expondo desastres militares, ambientais e sociais. Os 47 ensaios, escritos entre 2001 e 2007, tornam-se uma referência crítica, acompanhados de ilustrações anti-imperialistas de Carlos Latuff.

R$ 89,00

R$ 89,00 no PIX

Quantidade:


Calcule o frete e prazo de entrega

O livro do historiador norte-americano Mike Davis, publicado pela Boitempo Editorial, tem como pano de fundo os atentados de 11 de setembro de 2001. As transformações ocorridas após a derrubada das torres do World Trade Center fundamentam a análise empreendida por Davis de aspectos das políticas interna e externa dos Estados Unidos.

Mike Davis é consagrado como um crítico ferrenho do imperialismo norte-americano. Na apresentação do livro, Paulo Daniel Farah escreve: “Apologia dos bárbaros se propõe a celebrar a contranarrativa dos que não pertencem à autoproclamada ‘civilização’ hegemônica (os quais, portanto, inserem-se automaticamente na categoria amorfa da barbárie)”.

O discurso maniqueísta de George W. Bush, as desastrosas intervenções militares no Afeganistão e no Iraque e as arbitrariedades cometidas em nome da guerra contra o terror são alguns alvos das ácidas críticas de Davis. Mas seus disparos não atingem apenas os membros do Partido Republicano. Os democratas são criticados por apoiarem o “Ato Patriota” e seus desdobramentos. Entre os outros objetos de estudo de Davis estão o sistema penitenciário (e as condições desumanas das prisões), a questão dos recursos hídricos, o aquecimento global e os desastres “naturais” provocados pela devastação ambiental.

A leitura de Apologia dos bárbaros torna-se indispensável para uma compreensão mais profunda de temas candentes, como a disputa eleitoral norte-americana e a crise imobiliária e financeira que os Estados Unidos enfrentam. Os 47 textos que compõem o livro foram escritos entre 2001 e 2007. São conferências e artigos (alguns publicados anteriormente em veículos de comunicação), uma entrevista concedida à revista Radical History e um capítulo de livro. A edição brasileira é ilustrada pelas charges do cartunista carioca Carlos Latuff, conhecido por seu trabalho de cunho anti-imperialista. Os desenhos de Latuff dialogam com a crítica de Davis, pois a seleção das charges privilegiou aquelas que abordassem os mesmos temas.
 
Autoria de Mike Davis
Tradução de Francisco Raul Cornejo
Apresentação de Paulo Daniel Farah
Texto de quarta capa de Paulo Daniel Farah
Ilustração de Carlos Latuff
Número de páginas: 352
Dimensões: 23 x 16 x 2 cm
Peso: 496,4 g
ISBN: 9788575591055
Encadernação: Brochura
Ano de publicação: 2008

SubTítulo 296205

ensaios contra o império