Product main image - 6c478192-a827-488e-8448-94c8ee470ffb
image_b64c0311-df42-4ae1-aab3-b1607af30748
Florestan
Homenagem a um dos mais importantes intelectuais brasileiros. Explora sua trajetória marcante, desde o exílio até sua intensa vida acadêmica e política. Essencial para compreender um intelectual que uniu dedicação acadêmica e engajamento político com as lutas fundamentais do seu tempo.

R$ 59,00

R$ 59,00 no PIX

Quantidade:


Calcule o frete e prazo de entrega

A série Perfis, da Coleção Pauliceia, presta uma homenagem a um dos mais importantes intelectuais brasileiros: Florestan Fernandes, que talvez seja quem mais teve sua história pessoal entrelaçada ao desenvolvimento da reflexão crítica paulistana.

O jornalista Haroldo Ceravolo Sereza, num estilo claro e fluente, percorre os principais pontos da vida intelectual e política de Florestan, da vida pessoal, da evolução da sua obra acadêmica e da militância do fundador da Escola Paulista de Sociologia.

Ao longo dessa trajetória, o autor trata das relações de Florestan com Oswald de Andrade, Roger Bastide, Fernando Henrique Cardoso, Octavio Ianni, Lula, o PT, de seu exílio no Canadá, e da amizade com Antonio Candido. Como não podia deixar de ser, tratando-se de Florestan Fernandes, o livro acaba sendo também um depoimento sobre a história da Universidade de São Paulo e do ambiente intelectual na cidade a partir da década de 1930.

Com imagens inéditas, narra a infância e a trajetória de Florestan - que, filho de mãe solteira e imigrante, viveu em cortiços e começou a trabalhar aos 6 anos - e como sua história se confunde com a história da USP. Fundada pela e para a elite paulista, a universidade acabou tendo seus aspectos mais originais e interessantes justamente nas fissuras desse plano, quando pessoas de origem social e visão de mundo muito distintas dos liberais conservadores paulistas que a criaram passaram a frequentá-la.

Ninguém personifica as qualidades, as possibilidades frustradas e as contradições desse projeto de universidade melhor que Florestan Fernandes: por sua disciplina e sua dedicação à construção das ciências sociais no Brasil, por seu crescente engajamento na vida pública e por sua luta contra a repressão ao pensamento crítico deflagrada pela burguesia conservadora, por meio dos militares, após o golpe de 1964. Essa perseguição culminou na sua aposentadoria compulsória da universidade, em 1968, com o AI-5.

Daí surge um Florestan ainda mais forte na atividade de intelectual público, pensador político, jornalista e editor. Ele acabaria se filiando ao PT, não sem antes dizer que não se curvaria ao “Deus operário” (referia-se a Lula) e apontar os riscos de o partido guinar para a socialdemocracia.

Um livro essencial para entender a trajetória de um intelectual que somou a dedicação e o rigor de uma importante obra acadêmica com as lutas políticas fundamentais do seu tempo.
 

Autoria de

Autoria

Haroldo Seravolo Sereza

Autoria de Haroldo Ceravolo Sereza
Texto de quarta capa de Antonio Candido
Número de páginas: 240
Dimensões: 21 x 14 x 1 cm
Peso: 338,4 g
ISBN: 9788575590751
Encadernação: Brochura
Ano de publicação: 2005

SubTítulo 295138

a inteligência militante