Product main image - 62326c59-6fa5-496c-8e73-ea08eb44e28e
image_b6de2983-e303-41b2-b0be-dabb3fdb89f4
URSS, um novo mundo e O mundo do socialismo
Dois "livros de viagem" singulares que revelam a visão do autor sobre a URSS, de 1930 à "Era do Degelo" em 1960. Uma jornada em seu mundo intelectual e ideário político, explorando a sociedade soviética e reflexões filosóficas sobre liberdade e política.
Disponível também em

R$ 79,00

R$ 79,00 no PIX

Quantidade:


Calcule o frete e prazo de entrega

Disponível também em
URSS, um novo mundo e O mundo do socialismo é um lançamento inédito de duas obras de Caio Prado Júnior há bastante tempo sem reedições. URSS, um novo mundo teve sua primeira publicação em 1934, e O mundo do socialismo, em 1962. Ambas são baseadas em viagens realizadas por Caio à URSS – e, no segundo caso, também à China.

Em 1933, o jovem intelectual visitou a URSS por aproximadamente um mês e meio. A obra, que nasceu a partir de relatos dessa visita, aborda testemunhos e descrições sobre os aspectos sociais e econômicos daquele país, como o setor industrial, a agricultura, a coletivização, o comércio, a família, o papel da mulher, a religião, a educação, a cultura, as relações sociais, as instituições e outras características singulares daquela experiência histórica pouco conhecida dos leitores brasileiros à época.

Já O mundo do socialismo nasceu da viagem de Prado Júnior entre julho e setembro de 1960 à China e novamente à URSS. Com 53 anos, Caio conservava sua visão entusiasta às experiências socialistas, posição que manteve até sua morte. Na URSS, o historiador visitou colcozes, creches, estádio de futebol e escolas. De lá, ele e a esposa seguiram para a China, onde conheceram Pequim, Wuhan, Xangai e outras cidades no sul. Sempre acompanhado de um guia local, visitaram fábricas, monumentos, comunas, teatro e um templo budista.

Segundo Luiz Bernardo Pericás, coordenador da coleção Caio Prado Júnior, ambos os volumes representam uma fotografia do autor no início dos anos 1930 e começo da década de 1960: “Neles é possível encontrar suas ideias e seus posicionamentos em relação a vários assuntos, como o comunismo, o fascismo, o Estado, a revolução, a liberdade, o partido [...]. Por tudo isso, a leitura desta edição dupla, composta de livros há muito fora de catálogo, ajuda a entender aspectos menos conhecidos da vida e da obra de Caio Prado Júnior e é fundamental para ampliar e completar o quadro geral de seu ideário político e econômico, representando um material singular e muito interessante para todos aqueles que estudam seu pensamento”.
 

Trecho do livro

Não se deve compreender o socialismo como uma forma estável, um tipo definido de organização. Ele é antes um processo, um sistema em transformação. Consiste numa substituição da economia capitalista, fundada na propriedade privada dos meios de produção – solo, subsolo, fábricas etc. – e caracterizada por formas privadas de atividade econômica, por uma economia que tenha por base a propriedade coletiva e por norma uma atividade econômica também coletiva. Nisso se resume o socialismo. As suas fases, portanto, são múltiplas. A substituição de um sistema por outro atravessa etapas sucessivas em que vamos encontrar, lado a lado, em proporções variáveis, caracteres de um e de outro: os do primitivo, em vias de desaparecimento; os do novo, desenvolvendo-se continuamente. O desaparecimento total das formas capitalistas coincidirá com o comunismo.

Autoria de Caio Prado Junior
Apresentação de Luiz Bernardo Pericás
Texto de orelha de Angelo Segrillo
Texto de quarta capa de Lincoln Secco, Lazar Jeifets e Victor Jeifets
Capa de Maikon Nery
Número de páginas: 286
Dimensões: 23 x 16 x 2 cm
Peso: 403,3 g
ISBN: 9786557172025
Encadernação: brochura
Ano de publicação: 2023