• Minhas compras
  • Entrar

Mudamos nossa loja virtual para melhor atendê-lo. Se você já é cliente, utilize a funcionalidade de "Esqueci minha senha" para atualizar seu acesso e fazer o login.

Minhas Compras

Não há produtos no carrinho.

Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social

Boaventura de Sousa Santos

R$ 35,00 Comprar

Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social
  • autor: Boaventura de Sousa Santos
  • prefácio: Gaudêncio Frigotto
  • tradutor: Mouzar Benedito
selo:
BOITEMPO EDITORIAL
páginas:
128
formato:
21cm x 14cm x 1cm
peso:
178 gr
ano de publicação:
2007
ISBN:
9788575590911

“O outro grande desafio que nos ajuda o Fórum Social Mundial – porque isso é uma reconstrução teórica minha e de outros companheiros, mas baseada em toda a prática que vai emergindo no mundo – é que estamos vivendo uma nova forma de internacionalismo, e as teorias sociais não estão preparadas para isso.” (Boaventura de Sousa Santos)

Este livro reúne os esforços do sociólogo português Boaventura de Sousa Santos para repensar a teoria crítica diante dos desafios e da diversidade do mundo contemporâneo. Particularmente, a partir da rica experiência de Boaventura como coordenador de vários projetos de pesquisa ao redor do mundo e participante e organizador do Fórum Social Mundial.

Um trabalho instigante tanto pelo diálogo com as aflições das lutas sociais do nosso tempo, quanto pelo caráter de construção criativa e engajada que lhe confere o sociólogo. Uma reflexão para combater a “razão indolente”, como Boaventura chama as formas acomodadas de pensamento. Uma busca pela superação de problemas e contradições da modernidade em um mundo multicultural, sem cair no vazio niilista do pós-modernismo.

Se para Boaventura é impossível criar uma “teoria geral” que dê conta da diversidade do mundo, ao menos nesse momento, é necessário buscar processos de “tradução” entre diferentes sistemas e culturas que busquem a construção de outro mundo possível. Entender e conciliar diferentes lutas de oprimidos, seja o proletariado, sejam questões de gênero, étnicas ou religiosas.

O livro nasceu de três conferências dadas por Boaventura na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires (UBA) em abril 2005. Cada uma delas converteu-se em um capítulo do livro: A sociologia das ausências e a sociologia das emergências: para uma ecologia dos saberes, Uma nova cultura política emancipatória e Para uma democracia de alta intensidade.

Além das falas preparadas por Boaventura, o livro traz a riqueza dos debates que se seguiram à sua leitura e se constitui em uma síntese poderosa da sua reflexão nos últimos anos.

A necessidade de se reinventar conceitos como a emancipação social, repensar a teoria da sociologia a partir da periferia, enfrentar a lógica do capital, reconhecer e dialogar com os saberes de fora da universidade, a crise dos conceitos tanto de revolução quanto de reformismo, MST, Lula, imperialismo e Hugo Chávez perpassam suas páginas e são tratadas de maneira original por Boaventura.

Desafiador na sua riqueza de ideias Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social é um livro apaixonante pela coragem de pensar a teoria sem ter medo de enfrentar a realidade.