• Minhas compras
  • Entrar

Combo ARSENAL LÊNIN

Vladímir Lênin

R$ 257,00 R$ 205,60 Em 3x de: R$ 68,53 Comprar

Combo ARSENAL LÊNIN
  • autor: Vladímir Lênin
edição:
1
selo:
Boitempo
páginas:
1248
formato:
23cm x 16cm x 4cm
peso:
1912 gr
ano de publicação:
2021
encadernação:
brochura
ISBN:
0505066

Contém:
01 exemplar de O Estado e a revolução
01 exemplar de Cadernos filosóficos
01 exemplar de Democracia e luta de classes
01 exemplar de O que fazer?

01 exemplar de Imperialismo, estágio superior do capitalismo
01 cartão postal

01 marcador

 

O Estado e a revolução
Escrito entre agosto e setembro de 1917, em meio às perseguições do governo provisório encabeçado por Aleksandr Keriénski, este livro é o mais relevante estudo sobre o caráter do Estado desde as obras de Karl Marx e Friedrich Engels.

 

Cadernos filosóficos
Conjunto de textos fundamental para a trajetória teórico-prática dos intensos dez últimos anos de vida do líder soviético. Desafiadoras, essas anotações sobre obras e palestras de Hegel centradas na lógica, na dialética e na filosofia da história documentam um momento de transição no pensamento leniniano.

 

Democracia e luta de classes
Seleção inédita de sete textos escritos por Vladímir Ilitch Lênin entre 1905 e 1919, cujo enfoque é a relação primordial entre o escopo das classes na sociedade e o conceito de democracia - elucidada, em síntese, na defesa da ditadura do proletariado.

 

O que fazer?
Obra seminal da teoria política de partido do dirigente revolucionário russo. Apresenta as linhas gerais do que seria chamado mais tarde de “partido leninista”, indicando as tarefas de organização necessárias ao desenvolvimento da revolução, bem como avaliando os equívocos das diferentes linhas de pensamento no interior do que até então era o campo da social-democracia.

 

Imperialismo, estágio superior do capitalismo
Escrita um ano antes da Revolução de Outubro e publicada no calor das jornadas revolucionárias de 1917, é considerada uma das obras mais importantes do líder bolchevique. Neste ensaio, Lênin deixa claro que o imperialismo não era apenas uma prática política de determinados países capitalistas, mas a evolução do próprio sistema do capital, que atingia no início do século XX o seu estágio mais avançado.